10 alimentos para desobstruir artérias naturalmente e proteger contra ataque cardíaco

Embora existam sucos, smoothies e muitas bebidas de desintoxicação para ajudar a expulsar toxinas do seu sistema e fazer as coisas funcionar sem problemas, a natureza também nos forneceu alimentos que têm os mesmos poderes, naturalmente.

Estes 10 alimentos podem ajudar a desobstruir as artérias e proteger o seu coração!

1. Abacates
Em vez de maionese em seu hambúrguer ou sanduíche, coloque abacate. Estudos têm mostrado que o consumo diário de abacate melhora o colesterol no sangue (inferior LDL e HDL superior). O colesterol HDL é o colesterol que ajuda a manter as artérias livres de obstruções.

2. Aspargos
Aspargos é um alimento que limpa a artéria natural. Ele pode ajudar a baixar a pressão arterial e prevenir coágulos sanguíneos que podem causar doenças cardiovasculares. Este vegetal está cheio de fibras e minerais, juntamente com uma longa lista de vitaminas incluindo K, B1, B2, C e E.

3. Romã
Este fruto contém fitoquímicos que funcionam como antioxidantes para proteger o revestimento das artérias contra danos. O suco de romã estimula a produção de óxido nítrico, que ajuda a manter o seu sangue flui e suas artérias abertas!

4. Brócolis
Você ama ou odeia, neste caso é melhor amar! O brócolis é rico em vitamina K, que ajuda a manter o cálcio das artérias. É também cheio de fibra, que pode ajudar a diminuir os níveis de pressão arterial e colesterol.

5. Cúrcuma
Esta especiaria é um poderoso anti-inflamatório. Ele funciona para reduzir a inflamação, que é uma das principais causas de arteriosclerose – o endurecimento das artérias. Adicionando açafrão à sua dieta você pode reduzir danos às paredes arteriais, reduzindo suas chances de um coágulo de sangue.

6. Caqui
Os caquis são carregados com antioxidantes e polifenóis, que trabalham para diminuir o LDL e triglicérides. Eles são também uma excelente fonte de fibras, o que ajuda a regular a pressão arterial e manter suas artérias desobstruídas.

7. Spirulina
Pode soar um pouco estranho, mas esta alga azul-verde ajuda a regular os níveis de lípidos no sangue. É também uma fonte de proteína que contém todos os aminoácidos essenciais necessários pelo corpo para manter uma saúde ótima. Ele pode ajudar a relaxar as paredes das artérias e estabilizar a pressão arterial, equilibrando os níveis de gordura no sangue.

shutterstock_118550041-759x419

8. Canela
Este tempero delicioso pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol, enquanto limpa a placa e impede a propagação de gordura. A canela é cheia de antioxidantes que melhoram a saúde cardiovascular, protegendo o sangue de oxidação. Polvilhe um pouco em seu café, em sua bebida ou em praticamente qualquer outro alimento para combiná-lo um pouco e colher os benefícios!

9. Cranberries
Cranberrie é outro alimento rico em antioxidantes que podem reduzir o LDL e aumentar os níveis de colesterol HDL. Na verdade, o consumo regular de suco de cranberry puro pode ajudar a reduzir o risco global de doença cardíaca em até 40%!

10. Chá Verde
O chá verde contém altos níveis de catequinas, que dificultam a absorção de colesterol durante a digestão. Beber um copo ou dois por dia pode ajudar a melhorar os seus níveis de lipídico no sangue e reduzir a obstrução arterial. O chá verde também dá o seu metabolismo um impulso natural, o que pode ajudar na perda de peso e apoiar a saúde cardiovascular.

Fonte:  davidwolfe

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.