10 plantas naturais que ajudam no alívio da ansiedade e depressão

Se você esta sem tempo pra ler a matéria, veja o vídeo abaixo:

Com a correria do dia a dia, muitas pessoas vem sofrendo de estresse e ansiedade.

A saúde psicológica é que influência em todas as atividades e funções do nosso corpo.

Para amenizar esse problema muitas pessoas tem feito uso de medicamentos antidepressivos. Porém esses podem causar uma série de efeitos colaterais:

-Dificuldade de andar
-Olhos e pele amarelos
-Problemas de memória
-Alucinações e pensamentos suicidas
-Falta de coordenação motora
-Dificuldade de fala
-Convulsões


No entanto, existem alternativas naturais que podem aliviar a depressão.

– Lavanda
A lavanda possui propriedades neuroprotetoras que ajudam a controlar o humor e os distúrbios neurológicos.

Faça um chá, tome um banho com algumas gotas de óleo essencial de lavanda, ou coloque algumas flores secas no travesseiro antes de dormir.

– Erva de São João
Essa erva é um ótimo antidepressivo. Porém pode causar alguns efeitos como erupções cutâneas, diarréia, nervosismo, ansiedade, irritabilidade, tontura, dor es estômago, fadiga, formigamento, boca seca e falta de sono.

Além de se for consumida em excesso pode provocar alergia se houver exposição ao sol.

– Valeriana
Atua no combate da dor de cabeça, ansiedade e insônia.Porém, há casos em que pode causar esses mesmos sintomas.

– Flor de Maracujá
A flor de maracujá, ajuda a relaxar e age com ação sedativa. Combatendo a insônia, a ansiedade e convulsões.

Ajuda no tratamento de transtornos mentais. Raramente causa efeitos colaterais como tontura, vômito, náuseas, ritmo cardíaco irregular.

– Ashwagandha
Pode ser usada em casos de insônia e no tratamento de ansiedade por medo de espaços abertos e multidões.

Essa erva reduz os níveis de cortisol que está associado ao estresse.
Pode ser tomada como chá ou em cápsulas.

Pode causar efeitos colaterais como vômito, diarreia e dor de estômago.

– Rhodiola
Combate a exaustão e a fadiga crônica. Alivia o estresse e promove bem estar.

O uso prolongado pode ser perigoso.

– Camomila
A camomila traz tranquilidade. Com princípios ativos como luteolina, apigenina e abisabolol ela reduz a pressão arterial.
Você pode tomar chá de camomila todas as noites.

– Alecrim
O alecrim melhora a memória e o desempenho cognitivo.
O seu uso excessivo causa vermelhidão na pele, sangramento uterino, irritação nos rins, vômito e sensibilidade ao sol.

– Baunilha
Apenas o cheiro da baunilha já relaxa.
Porém se não for consumida com moderação ela pode causar dores de cabeça, inchaço irritação e insônia.

– Erva-cidreira
Essa erva diminui a ansiedade e traz mais qualidade de vida quando se trata de casos de demência grave. A erva-cidreira fornece tranquilidade e fortalece a memória.

Quando consumida em excesso pode causar dores abdominais, náuseas, tonturas e vômitos.

Crianças só podem fazer o uso durante 7 dias, já adultos por 30 dias.

Todos esses antidepressivos naturais são seguros, assim como tudo , não devem ser consumidos de forma exagerada.

E mesmo que sejam naturais, o ideal é que você consulte seu médico quanto ao uso.

Fonte: health

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.