10 razões pelas quais você nunca deve beber leite de soja!

Em um esforço para aderir à revolução de saúde, muitas famílias passaram a utilizar o leite de soja e abandonaram o leite de vaca.

Ao contrário do leite de uma vaca, o leite de soja não contém lactose, assim, para pessoas que evitam produtos lácteos, como veganos ou aqueles que têm uma intolerância à lactose, o leite de soja parece ser uma boa escolha.

O leite de soja fortificado é ainda uma boa fonte de proteínas, ferro, vitaminas do complexo B e cálcio, sendo baixa em gorduras saturadas e colesterol. Soa bem na superfície, certo?

O único problema é que a pesquisa mostrou que o consumo de leite de soja pode colocar sua saúde em perigo.

Os ingredientes do leite de soja são os seguintes:

Água filtrada
Grãos integrais de soja
Cana de açúcar
Sal marinho
Carragena
Sabor natural
Carbonato de cálcio
Vitamina A palmitato
A vitamina D2
Riboflavina
A vitamina B12

A maioria desses ingredientes provavelmente soa familiar, e eles não parecem tão ruim, mas carragena pode ser um dos quais você não está familiarizado.

Os carragenanos são uma família de polissacarídeos lineares sulfatados obtidos a partir de extratos de algas marinhas vermelhas, conhecidas por algas carraginófitas, comuns nas costas de áreas oceânicas temperadas.

Eles são usados na indústria de alimentos para a sua gelificação, espessamento e propriedades estabilizadoras.

Não só o corpo não é capaz de digerir a carraguina, como ela também não tem qualquer valor nutritivo. Mesmo que seja derivada de uma fonte natural, que é destrutiva para o sistema imunológico.

Ela provoca uma resposta imune negativa que provoca inflamação.

leite de soja

Pesquisas já ligaram carragenano ao câncer de cólon, juntamente com inflamação gastrointestinal, cólon espástico, diarreia crônica e doença inflamatória do intestino.

Embora o tipo de alimento que você decidir colocar em seu corpo é uma escolha pessoal, ser informado é a melhor maneira de tomar uma decisão que beneficia sua saúde.

O leite de soja tem sido um tema de controvérsia durante anos, mas há uma quantidade significativa de evidências que provam que pode ter efeitos prejudiciais sobre o corpo.

10 Razões para evitar leite de soja

1. A soja contém grandes quantidades de toxinas naturais que afetam os níveis de estrogênio. Beber apenas dois copos de leite de soja por dia pode alterar significativamente os hormônios no corpo de uma mulher, interrompendo o ciclo menstrual.

2. A soja contém hemaglutinina, uma substância promotora de coágulo que faz com que as células vermelhas do sangue se aglutinarem.

3. Cerca de 99% da soja é geneticamente modificada, por isso, contém um dos mais altos níveis de contaminação por pesticidas.

4. A soja e produtos de soja contêm altos níveis de ácido fítico, que inibe a assimilação do cálcio, magnésio, cobre, ferro e zinco.

5. Os alimentos de soja contém níveis elevados de alumínio, que é tóxico para o corpo. Ela afeta negativamente o sistema nervoso e os rins, e tem sido associada a doença de Alzheimer.

6. As proteínas de soja, são expostos a temperaturas elevadas durante o processamento para fazer isolado de proteína de soja e proteína vegetal texturada. Isso os torna perigoso para a digestão humana.

7. A soja contém isoflavonas tóxicos – genisteína e daidzeína. Eles podem estimular o crescimento de câncer de mama.

8. A soja contém estrógenos vegetais chamadas fitoestrogênios, que perturbam a função endócrina e pode levar à infertilidade e câncer de mama em mulheres.

9. Alimentos com soja têm altos níveis de goitrogênicos que bloqueiam a produção de hormônios da tiroide.

10. Os nitratos, potentes carcinógenos, são formados durante o processo de secagem por pulverização.

Fonte:  davidwolfe

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.