10 razões surpreendentes para começar a comer mais aipo

Todos nós deveríamos comer mais aipo. Este vegetal de sabor refrescante dispõe de tantos benefícios nutricionais que seria adequado incluí-lo diariamente em nossa dieta. O bom do aipo é que ele nos oferece diversas possibilidades na hora de consumi-lo.

Aipo é um alimento versátil, cheio de vitaminas e minerais. Também conhecido como salsão é muito usado na culinária tradicional como tempero e em saladas.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

O aipo ou salsão tem muitos nutrientes usados em receitas medicinais e pode ajudar a tratar uma série de condições.

Agora que você sabe o que é aipo, veja as condições que essa planta pode tratar e como se beneficiar ao máximo de suas propriedades medicinais.

Reduz a inflamação
O aipo possui um fitoquímico chamado luteolina que ajuda a reduzir a inflamação em várias partes do corpo. De acordo com pesquisas científicas, a propriedade anti-inflamatória do aipo inclui o combate à inflamação no cérebro.

Fortalece as articulações
Tanto a gota como a artrite são condições associadas à inflamação nas articulações. Por conta disso, seus sintomas podem ser reduzidos através do consumo de aipo, pois reduz o inchaço e a inflamação, bem como a rigidez nas articulações.

Reduz o colesterol
O aipo também contém outro fitoquímico chamado ftalidas. Este composto químico produz ácidos biliares que por sua vez reduzem o colesterol ruim

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.