10 sinais que o corpo emite quando está com problemas

Nosso corpo emite sempre sinais, cabe a nós interpreta-los.
Dessa forma conseguimos tratar possíveis problemas mais rapidamente.

Veja 10 sinais comuns que podem querer dizer muita coisa:

1- Pele Seca

Indica falta de vitamina E.

Uma alimentação a base de oleaginosas, como amêndoas, óleo de oliva, espinafre, peixe e ovos pode devolver níveis de vitamina ao organismo.

2- Queda de cabelos e unhas fracas

Falta de vitamina D, complexo B e cálcio.

Tome sol. Consuma batata, brócolis, iogurte, levedura de cerveja, gergelim e outros grãos.

3- Vontade de comer doce

Sistema nervoso exausto. Procure saciar essa vontade com mel ou chocolate amargo.

4- Vontade de comer alimentos azedos

Problemas de fígado e vesícula biliar.
Tome chá de carqueja e consuma limão.

5- Vontade de comer frutos do mar

Falta de iodo.
Consuma frutos do mar, sardinha, bacalhau e algas secas.

6- Sangramento gengival

Falta de vitamina C. Aumente o consumo de brócolis, kiwi, bagas, tomate, laranja, limão, acerola e mamão.

7- Vontade de comer alimentos salgados

Inflamações ou infecções genitais ou no trato urinário.
Vá ao médico.

8- Irritabilidade

Falta de potássio e magnésio.
Consuma mais couve, nozes, espinafre, linhaça, amêndoas e sementes de girassol.

9- Cotovelos secos

Falta de vitamina A e C.
Aumente o consumo de cenoura, abóbora, laranja e limão.

10- Vontade intensa de comer alimentos crus

Organismo acidificado demais.
Ofereça ao corpo vegetais crus e frutas.

Fonte: curapelanatureza

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.