16 sinais precoces que seu fígado está lento e com toxinas

Nós podemos ter um momento para agradecer ao nosso fígado por tudo o que ele faz?

Este órgão vital está trabalhando duro todos os dias para filtrar as toxinas e resíduos do corpo, bem como a realização de centenas de outras funções.

A sua ação como fígado primário é converter as toxinas em resíduos que será excretados do corpo através dos meios de eliminação (sob a forma de urina e fezes).

Seu fígado é responsável por uma grande parte da sua saúde geral. Ele tem mais de 400 funções no organismo, de digerir gorduras, armazenar vitaminas essenciais e minerais, processar nutrientes e quebrar drogas e álcool.

Nós não queremos sobrecarregar o nosso fígado, mas se não estamos fornecendo ao corpo os nutrientes certos nosso amigo trabalhador torna-se lento e fica com altas cargas de trabalho.

Como o fígado lida com substâncias tóxicas?

O fígado possui duas vias para desintoxicação.

As Toxinas, que são uma substância venenosas, que podem causar danos nas células são os primeiros eliminados na fase de desintoxicação do fígado, esta fase envolve a utilização de enzimas para transformar estas toxinas em substâncias menos nocivas.

A fase 2 de desintoxicação do fígado, envolve o emparelhamento destas toxinas agredidas – já que com outras moléculas que aumentam a sua solubilidade em água elas podem ser removidas com segurança do corpo através dos meios de eliminação.

figado-toxico-43984239423

Como ajudar o seu fígado a trabalhar certo?

Mesmo para aqueles que fazem um esforço concentrado para seguir um estilo de vida saudável, que gira em torno de orgânicos, água pura, exercício físico regular, a utilização de produtos de limpeza e itens de higiene sem toxinas…

Ainda assim estamos expostos a toxinas do nosso meio ambiente ( ar, solo, água, carros , fábricas , plásticos) e esses fatores , enquanto não podemos controlá-los – nos afetam !

O seu fígado esta lento ?

Quando o fígado torna-se lento, as toxinas não são mais capazes de deixar o corpo e são armazenadas no tecido adiposo (já que são solúveis em lipídios ) e eles não vão sair até que a função hepática melhore, para que então eles sejam eliminados com segurança.

Isso pode ser um grande fator se você não está perdendo peso extra, mesmo com uma dieta saudável e exercício físico.

Se você detectar os seguintes sintomas, não deixe de ler – existem algumas dicas a seguir para melhorar a função do seu fígado:

  • Fadiga crônica
  • Emoções negativas
  • Cérebro cansado / Letargia
  • Dores de cabeça maçante / enxaqueca por trás dos olhos
  • Dores articulares ou musculares
  • Transpiração excessiva
  • Problemas para digerir gorduras
  • Vesícula biliar removida
  • Alergias
  • Acne
  • Gás, inchaço, dor abdominal, obstipação, diarreia
  • Desequilíbrios hormonais
  • Ansiedade e Depressão
  • Sensibilidades químicas
  • Ganho de peso inexplicado

Dicas para a cozinha:

Sua saúde começa na cozinha, você não pode esperar que o seu corpo melhore, sem suplementos, sozinho.

Precisamos criar um corpo saudável através de refeições de cura e hábitos. Você não precisa fazer dieta, restringir ou eliminar completamente – a chave aqui é balancear.

Primeiro comece reduzindo ou eliminando sua exposição a alimentos processados ​​e alimentos com farinha branca, açúcar elevado, produtos de amido e substitua por coisas saudáveis. Faça suas próprias refeições do zero, com ingredientes de alta qualidade em casa, em vez de jantar fora.

Comer saudável não precisa ser complicado:

  • Compre orgânico,
  • Consumir uma dieta equilibrada que consiste em alimentos integrais, proteínas animais e vegetais de alta qualidade, grãos germinados, alimentos fermentados, gorduras como nozes e sementes cruas
  • Elimine óleos inflamatórios: canola, milho, soja, óleo vegetal, algodão, cártamo, girassol
  • Beba bastante água pura: Se você pegar o seu peso, e dividi-lo ao meio, esta é a quantidade de água que você deve beber (60 quilos = 1,8 litros ).
  • Aumente o consumo de gorduras saudáveis: óleo de coco, óleo de palma, manteiga ghee, abacate, etc
  • Coma fibra suficiente: mínimo diário de 35g – provenientes de fontes de alimentos integrais como sementes de chia, alcachofras, sementes de linho douradas, abacate, brócolis e couve de Bruxelas
  • Elimine açúcares refinados: marrom / açúcar branco, açúcar de cana, suco de cana, cristais do suco de cana, açúcar de beterraba
  • Restringir o consumo de frutose para 20g a 25g por dia: agave, glicose-frutose (xarope de milho), de alta glicêmico / frutos de frutose
  • Aumentar o consumo de vegetais verdes, porque tem alto teor de magnésio, ácido fólico, vitamina C e vitamina B
  • Inclua aminoácidos em sua dieta: caldo de osso, colágeno, frango e ovos, espinafre cru, salsa, repolho, beterraba
  • Concentre-se em alimentos de fontes de enxofre: Ovos, brócolis, couves de Bruxelas, alho, cebola, aspargos, couve
  • Limitar ou eliminar o álcool: se você estiver experimentando os sintomas acima e, em geral. Encontre um substituto saudável para este hábito.

Seu fígado faz muito por você, e estas são apenas algumas coisas que você pode fazer para apoiar a sua função. Estar consciente de como você está se sentindo durante todo o dia, afinal de contas lembre-se que o seu corpo esta lhe dizendo que algo está errado e que medidas preventivas precisam ser tomadas.

Fonte:   theheartysoul

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.