3 exercícios fáceis para prevenir e melhorar a flacidez dos seios

Toda mulher deseja ter seios bonitos, não é mesmo?

E a flacidez deve ficar bem longe, para que isso aconteça! rsrs Mas o problema é que as vezes quando a gente coloca o sutiã, um pedaço de pele “cai” para fora dele, e isso não é nada bonito!

Essa sobrinha que te incomoda é o que vamos te ajudar a eliminar em 3 passos.

Agora veja como fazer os exercícios passo-a-passo:

1. Isto vai fortalecer os músculos de suas costas, glúteos e isquiotibiais. E tudo o que você precisa fazer é ficar em pé, com os braços formando um X sobre o peito e na largura dos ombros separar seus pés.

Sua coluna deve estar sempre reta. Nesta posição incline o corpo para frente, enquanto as pernas ficam fixas no chão. Faça isso até formar um “L”. Faça 3 séries de 15.

2. Deite-se com o rosto colado no chão e com os braços para frente do corpo e as pernas esticadas. Levante seu tronco e levante os braços para frente, depois para os lados e, por fim, para trás.  Faça 3 séries de 15.

flacidez-seios-sutian-329032031

3. Fique de joelhos no chão e, em seguida coloque suas mãos no chão, ficando em 6 apoios (2 pés,2 joelhos e 2 mãos).

Levante o braço de um lado e a perna do lado oposto. Faça este movimento com calma, para não se desequilibrar.

Faça 3 séries com 15 repetições em cada lado.

Repita todos esses 3 vezes na semana!

Fonte: curapelanatureza

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.