5 hábitos ruins para a saúde que você provavelmente faz!

São as pequenas coisas que fazemos às vezes que podem causar mais danos à nossa saúde do que imaginamos.

Embora seja importante fazer coisas como se exercitar e manter uma dieta saudável, algumas rotinas podem até ter um efeito composto em outras escolhas ruins.

O pior é que quebrar hábitos de longa data é normalmente mais difícil do que evitá-los inicialmente.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

Muitas vezes, as preferências levam a hábitos arraigados e nem sequer entendemos que possam ser prejudiciais ao nosso bem-estar geral.

Escolhas inadequadas podem envolver o tempo, como quando você escova os dentes ou quando escolhe “relaxar” no seu dispositivo favorito.

Você sabia que escovar os dentes logo após a refeição pode causar danos a uma camada muito importante de seus dentes?

Não permitir que a comida assente ou seja decomposta apropriadamente pelas enzimas em nossa boca e, imediatamente, tentar removê-la, pode forçar o ácido a aderir ao esmalte e até mesmo aproximar-se dessa segunda camada do branco perolado.

Se os dentes são muito sensíveis, pode ser porque a dentina foi afetada. É melhor esperar um pouco depois de comer antes de escovar.

Mas o que isso tem a ver com relaxamento? Com o aumento do uso de smartphones e tablets, mais e mais pessoas criaram uma rotina que envolve a mídia social antes de dormir.

Esses aparelhos emitem uma luz artificial que nos mantém mais alertas e afeta negativamente o hormônio responsável por uma boa noite de sono.

Então, como escovar os dentes logo depois de comer uma refeição, provavelmente é melhor evitar relaxar com um smartphone ou tablet, porque esse hábito está realmente tornando mais difícil relaxar completamente.

A falta de sono pode levar a outras condições de saúde mais graves ao longo do tempo.

Os dois hábitos anteriores giravam em torno do tempo, mas outros hábitos derivam do desejo de melhorar nossa aparência.

Podemos ter as melhores intenções, mas isso não significa que o nosso desejo de ficar bem é realmente bom para nós.

Um ótimo exemplo disso é usar jeans que se encaixam muito bem. Claro, suas pernas podem parecer fantásticas, mas sua pele está silenciosamente implorando por misericórdia.

Contato constante com tecido apertando sua pele não permite que ele respire como deveria. Um jeans mais confortável e talvez menos justo fará você se sentir melhor a longo prazo.

Perfumes e colônias são semelhantes aos jeans apertados.

Eles parecem melhorar nossa aparência e apresentação para os outros, mas eles também são preenchidos com substâncias químicas tóxicas que causam alergias para uma grande porcentagem da população.

Eles são especialmente abrasivos para a pele e os olhos. Escolhas mais naturais para fragrâncias que vêm de óleos essenciais ainda lhe dão um ótimo cheiro, mas sem todas as complicações.

Finalmente, um hábito peculiar que decorre do desejo de limitar o embaraço pode ser um dos mais prejudiciais de todos os hábitos que já discutimos.

Trancar um espirro é algo que as pessoas costumam fazer em reuniões ou em lugares onde não querem que a atenção se concentre em si mesmas.

Quando você tenta prender a respiração enquanto espirra, a pressão aumenta rapidamente dentro da cabeça. Pode causar dor de cabeça e danos ao tímpano.

Então, quando você realmente pensa sobre isso, nenhuma dessas coisas valem as complicações que causam à nossa saúde. É mais sensato fazer escolhas melhores do que as mais elegantes.

Fonte: <a href="https://www.youtube.com/watch?v=8M7Ri4W0T94

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.