6 razões para você não jogar fora, nunca mais, o sachê de chá

Você tem costume de usar produtos para purificar o ar do carro?
Depois desse artigo, é provável que você não gaste mais com isso.

Se você bebe chá, com certeza opta pela praticidade dos em sachê né? Você imaginava que poderia reaproveitar isso?

Sim essa bolsinha do chá, pode ter algumas utilidades em casa, veja algumas:

1. Tratamento de irritações na pele

Caso você tenha sido picado por mosquito, ou arranhado a pele, sofrido contusões e inflamações, você pode usar da seguinte forma:

Molhe o sachê com água fria e mantenha pressionado sobre a área afetada.

O chá possui tanino, que ameniza a vermelhidão, o inchaço e elimina a inflamação.

Manchas de sol e herpes podem receber o mesmo tratamento.

2. Eliminar mau cheiro de calçados

Basta colocar um saquinho usado dentro do sapato.Ele irá absorver umidade e mofo.

3. Acabe com cheiro ruim da geladeira

O sachê usado também é capaz de neutralizar o cheiro da geladeira. Isso porque ele vai absorver o odor dos alimentos.

4. Facilite a limpeza de pratos

Para facilitar a limpeza de pratos que tenham resíduos de comida endurecidas, mergulhe os durante a noite na pia com água e alguns sachês de chá usados.No dia seguinte é so lavar.

5. Afaste ratos, aranhas e insetos

O cheiro dos chás, afastam esses bichos. Portanto basta espalhar alguns saquinhos de chá usados nas áreas problemáticas.

6. Purifica o ar do carro

Coloque um desses sachês usados no seu carro. Você vai notar que ele absorve a umidade e o mau cheiro.

Faça um teste, sua eficiência é tanta quanto aos purificadores comercializados.

Fonte: evironhealthdrink

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.