8 dicas simples e eficazes para desinchar

A retenção de líquidos é uma das principais culpadas por você se sentir inchada e somar alguns quilos extras na balança.

Que mulher nunca se sentiu inchada e acima do peso, mesmo sem exagerar no prato ou faltar à malhação?

Na maioria das vezes, o motivo é a famosa retenção de líquidos. A boa notícia é que com alguns truques simples e eficazes, você pode, enfim, combater esse incômodo!

1. Beba chá amarelo

O chá amarelo é riquíssimo em ácido gálico – 3 vezes mais que o verde e 8 que o branco.

“Esse componente protege o fígado dos efeitos nocivos das toxinas, geralmente presentes na poluição e até em alguns alimentos”, explica Ana Luísa Faller, nutricionista funcional da Soul Nutrition Consultoria em Nutrição, do Rio de Janeiro.

Além disso, o ácido gálico estimula a produção de enzimas hepáticas, que mantêm as substâncias inimigas longe. Com isso, combate a retenção de líquidos e facilita a perda de peso.

2. Tire o saleiro da mesa

Manter o saleiro longe da mesa na hora das refeições ajuda você a não abusar do sódio, que é uma das causas da retenção de líquidos.

Para que a comida não fique sem graça, substitua o sal por limão e ervas como orégano, manjericão e hortelã.

3. Aposte no chá de hibisco

O chá de hibisco estimula a queima de gordura corporal, facilita a digestão, regulariza o intestino e combate a retenção de líquido.

Além disso, não é amargo: tem sabor parecido com o da framboesa!

4. Mexa-se durante o dia

Se você passa muito tempo sentada, levante-se a cada hora e dê uma volta – vale abastecer a garrafinha de água durante o passeio.

Na cadeira, suba e desça os calcanhares mantendo a ponta dos pés no chão e gire os tornozelos.

5. Invista na ginástica

Os exercícios físicos também são ótimos aliados na luta contra o inchaço.

A malhação estimula a circulação e o fluxo de líquidos e nutrientes pelo corpo, o que evita a formação de edemas.

6. Que tal uma auto-drenagem?

Todo mundo já sabe que a drenagem é uma ótima arma para combater a retenção de líquidos, certo?

Mas, se você não pode investir nesse método por enquanto, que tal apostar na autodrenagem? Confira o passo a passo:

  • 1. Sentada, deslize algumas vezes as mãos umedecidas em creme do tornozelo até o joelho.
  • 2. Em pé, repita várias vezes o mesmo movimento do joelho até a virilha, dando atenção especial à parte interna da coxa.
  • 3. Com um braço estendido à frente, escorregue a mão oposta aberta desde o cotovelo até a axila, passando por toda a circunferência do braço.
  • 4. Deslize as mãos (uma sobre a outra) fazendo círculos pequenos em sentido horário em torno do umbigo. Faça a massagem após o banho.

retencaodeliquido2

7. Água: aliada poderosa

Não é à toa que os especialistas recomendam o consumo de, no mínimo, 2 litros de água por dia: na quantidade certa, ela mantém a hidratação, garante seu organismo em pleno funcionamento e combate a retenção de líquidos.

Quanto mais água você bebe, maior o volume de sangue. Com isso, as células ficam mais irrigadas e o organismo não retém sódio.

8. Alimentos que desincham

Uma alimentação equilibrada é ideal para manter a saúde e a forma em dia. No entanto, existem alguns alimentos específicos que podem ajudar você a afinar e desinchar, acabando com a retenção de líquidos.

retencaodeliquido4

Fonte:  boaforma

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.