8 usos surpreendentes do vick vaporub que você ainda não conhecia. Veja!

Uma das medicações mais usadas para o congestionamento é o Vicks Vaporub. Creme usado nas costas, peito e garganta para tratar a congestão nasal e a tosse.

Aqui estão oito novas formas para utilizar o Vicks Vaporub

1. Tratamento de dores de cabeça

Por causa da cânfora, do óleo de eucalipto e do mentol, pode ajudar a aliviar as dores de cabeça, até mesmo enxaquecas.

2. Músculos doloridos

O mentol contido no Vicks ajuda no fluxo sanguíneo que acalma e relaxa a musculatura.

3. Acalma as picadas de insetos

O mentol refrescante do Vicks pode ajudar a aliviar a coceira e a sensação de queimação em casos de picadas de formiga, mosquito ou outros insetos. Além de diminuir o risco de bolhas e infecções.

usos-do-vick-vaporub

4. Combate o fungo da unha

Por suas propriedades anti-sépticas, antimicrobianos e antibacteriana, o ingrediente timol que há no Vicks ajuda a parar o crescimento de fungos.

5. Acne

Vicks Vaporub pode ser usado para limpar a pele de acnes. O mentol pode aliviar a dor e o inchaço causado.

6. Tratamento de Calcanhar Rachado

Ajuda a manter os calcanhares saudáveis, suaves e livres de rachaduras. Por causa do mentol, da cânfora e de ingredientes como o óleo de terebintina.

7. Tratamento de Verrugas

Além de ajudar a encolher e secar as verrugas, o mentol, o timol e o óleo de eucalipto ajudam a matar o vírus causador das verrugas.

8. Diminui as estrias

Tente usar o Vicks para o alivio das estrias e pequenas cicatrizes. Os óleos que compõem o Vicks ajudam a diminuir a secura da pele, que fazem com que a as estrias se destaquem.

Fonte: 8 Surprising Uses of Vicks Vaporub

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.