80% dos ataques cardíacos poderiam ser evitados se todos fizessem essas 5 coisas

Ataques cardíacos tiram a vida de mais de 1 milhão de americanos a cada ano, tornando-se a principal causa de morte para homens e mulheres.

A forma mais comum de doença cardíaca é a doença arterial coronariana (DAC), que pode levar a um ataque cardíaco.

ataque-cardiaco

Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue a uma parte do seu coração fica bloqueada.

Isso é causado pelo acúmulo de placas dentro das artérias (aterosclerose), que podem romper e formar um coágulo sanguíneo que bloqueia o fluxo de sangue.

Se o bloqueio não é rapidamente eliminado, o seu músculo cardíaco começará a morrer, o que pode causar problemas graves no futuro.

Veja as 5 fáceis mudanças que você precisa fazer em seu estilo de vida para evitar os ataques cardíacos

1. ter uma dieta saudável

2. ser fisicamente ativo, fazer caminhada, andar de bicicleta ou se exercitar todos os dias

3. ter a circunferência da cintura saudável

4. não fumar

5. não se estressar

Se você quiser proteger o seu coração, você precisa evitar as gorduras trans, alimentos processados, evitar o açúcar, comer vegetais, consumir proteínas moderadamente, ingerir alimentos integrais – dar preferencia aos orgânicos.

Há muitas estratégias que podem proteger seu coração e praticamente eliminar o risco de doença cardíaca. Por favor, não espere até sentir os sintomas do ataque cardíaco para tomar medidas, porque o sintoma mais comum de doença cardíaca é a morte súbita. Evite fazer parte desta estatística!

Fonte:  curapelanatureza

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.