A maneira correta de remover pesticidas de frutas e legumes naturalmente

Você sabia que a maioria das frutas e vegetais que consome possui agrotóxicos?

Apesar de ser um assunto controverso, a segurança no longo prazo do consumo dessas substâncias não foi estabelecida.

Alguns defendem que os agrotóxicos em baixa quantidade não fazem mal para a saúde, enquanto outros acreditam que o consumo dessas substâncias pode estar ligada ao surgimento de várias doenças, como o câncer.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

O fato é que o uso dos agrotóxicos é algo comum nos dias de hoje, até mesmo em alimentos orgânicos, com a única diferença que nesse caso, são provenientes de fontes naturais. Testes realizados por ONGs encontraram quantias assustadoramente altas de resíduos de agrotóxicos em frutas e verduras.

Se você se preocupa com a ingestão descontrolada dessas substâncias, esse vídeo é pra você. Iremos explorar algumas maneiras de atenuar e até remover por completo muitos dos agrotóxicos encontrados nas frutas e verduras.

1. Água
Especialistas sugerem que o primeiro passo para remover resíduos de agrotóxicos em frutas e verduras é lavá-las com água. O simples ato de lavar com água pode remover até 80% dos resíduos de agrotóxicos encontrados nas cascas e peles. Lavar com água ligeiramente salgada ou imergir as frutas e verduras em água fervendo também ajuda.

2. Remover a casca
Se você não conhece a procedência do alimento que pretende consumir, talvez seja melhor tirar sua casca fora, mesmo após lavá-lo. O indicado é comer apenas a casca daqueles alimentos que você conheça a procedência e que sejam de preferência orgânicos.

3. Vinagre
Muitos sites especializados sugerem lavar frutas e verduras com água e vinagre, como forma de ajudar a eliminar os resíduos de agrotóxicos. Para usar o vinagre, despeje 1 parte de vinagre para cada 2 partes de água em um tigela. Mergulhe as frutas e verduras nessa solução por 15-30 minutos, enxaguando-as com água fria após esse prazo.

4. Bicarbonato de sódio
Um estudo publicado na Revista Química Agrícola e de Alimentos mostrou a eficácia do bicarbonato de sódio na remoção de resíduos de agrotóxicos. Em apenas 15 minutos, o bicarbonato de sódio consegue remover até 96% desses resíduos. Sua eficácia se deve ao fato de ter um alto poder alcalinizante, capaz de quebrar essas substâncias em moléculas inofensivas.

Para limpar frutas e verduras maiores, como maçãs, e berinjelas faça um creme a base de bicarbonato. Misture 1 colher de café de bicarbonato e a mesma medida de água e passe nos alimentos, esfregando. Para as frutas e verduras menores, mergulhe-os em uma tigela com 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio por litro de água. Deixe agir por 15 minutos e depois enxágüe-as.

Outra maneira interessante de usar o bicarbonato de sódio é fazendo um spray caseiro a base de bicarbonato de sódio e limão.

É bem simples, veja:

Ingredientes
1 xícara de água (cerca de 250 ml);
1 colher de sopa de suco de limão;
2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio;

Como fazer

Junte todos os ingredientes em uma tigela e mexa até que o bicarbonato se dissolva totalmente. Coloque a solução em um borrifador e pulverize-o sobre os alimentos. Deixe agir por 5-10 minutos e se necessário escove-os para retirar os resíduos mais difíceis. Depois enxágüe normalmente.

E você, como costuma lavar as frutas e verduras na sua casa?

Fonte: Here’s How to Actually Remove Pesticides From Fruits and Vegetables

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.