Acabe de uma vez por todas com as espinhas dos braços, costas, coxas e bumbum

Toda mulher quer ter um bumbum com pele de bebê e poder usar blusas com decote nas costas e ombros de fora, Sem falar no biquíni!

Para isso é preciso vencer alguns obstáculos como a falta de hidratação e pequenas espinhas ou bolinhas no braço,coxa, costas e bumbum.

É comum aparecer nos braços, coxas e nádegas algumas bolinhas. Estas bolinhas são mais comuns que se possa imaginar, trata-se da ceratose pilar (ou queratose pilar) que é como se fosse um acúmulo de queratina na pele.

A queratina é muito importante para os cabelos e unhas, mas na pele, ela acaba causando este incômodo.

Muita gente quer saber como eliminar e acabar de vez com as bolinhas, pois elas deixam a pele áspera e não há creme hidratante que acabe com elas.

espinhas de braços, costas e bumbum (2)

Mas infelizmente elas são muito difíceis de serem eliminadas. Até mesmo tratamento para espinhas (acne) como o tratamento com Roucutan não é capaz de acabar com as temíveis bolinhas.

Outra causa das bolinhas é a foliculite que é um pouco diferente, esta sim, se assemelha mais à acne. Mas tanto as espinhas, as bolinhas quanto à foliculite você não deve apertar! Espremer só vai piorar a situação.

A diferença entre a foliculite e a queratose pilar é que a primeira é uma infecção, que pode coçar e doer, enquanto a segunda não arde, não dói. A foliculite aparece mais por causa de pelos encravados.

Espinhas nas Costas e Bumbum

As espinhas das costas normalmente são espinhas comuns mesmo (acne) e devem ser tratadas como as espinhas dos rosto. Com sabonete próprio, pomadas secantes, máscaras e até mesmo tratamento medicamentoso.

No caso das mulheres o que faz acabar as espinhas rapidamente é o uso de anticoncepcionais.

Já as espinhas do bumbum surgem normalmente pelo uso de calças apertadas e pouca exposição ao sol. Por estarem sempre cobertas e raramente terem um encontro com o sol , costas, braços e glúteos tendem a ser mais sensíveis que o resto do corpo.

Causas e Tratamento

Somente uma ida ao dermatologista será possível para realmente diagnosticar cada um dos problemas e dar um tratamento adequado.

Mas algumas coisas já são conhecidas, tanto pelo o que causa, quanto pelo o que resolve.

No caso do bumbum, esfoliação e hidratação são imprescindíveis. Além de evitar o uso de meias calças e roupas muito apertas que causem muito atrito.

Já as bolinhas do braço, aparecem justamente como uma defesa da pele. Se você esfoliar demais o efeito será o contrário, pois elas vão aparecer ainda mais.

Neste caso não faça muita esfoliação e restrinja o uso da bucha (mesmo vegetal) a apenas três vezes na semana. E em todos os dias se hidrate bastante, tanto com uso de cremes e loções hidratantes, quanto na ingestão de líquidos, principalmente água.

E para todos os casos, evitar os banhos com água muito quente. Peeling e luz pulsada também podem ajudar a melhor o aspecto principalmente quando as bolinhas evoluem para manchas escuras.

Fórmula de Loção Manipulada

Se você não tem tempo para tomar um sol e ver se o problema vai resolver naturalmente, você tem a seguinte opção de tratar as bolinhas e asperezas com uma solução queratolítica que você deve mandar preparar numa farmácia de manipulação. A loção queratolítica quebra a queratina e melhora muito o aspecto das bolinhas.

INGREDIENTES

Água de rosas 120ml
Álcool canforado 5ml
Ácido salicílico 2,5g
Enxofre precipitado 4g
Resorcina 2,5g

Misture tudo em um recipiente e agite bem antes de usar. Aplique uma vez ao dia só sobre as bolinhas e áreas ásperas.

Atenção, esta fórmula não deve ser usada no rosto.

Fonte:  mulheresperta

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.