Aprenda a fazer um cataplasma natural para cólicas, rompimento de ligamentos e dores nas articulações

O repolho é pouco quisto, porém ele é um ótimo protetor contra radiação e câncer. Além de conter altos níveis de vitamina K, magnésio e folato.

O fato das suas folhas serem resistentes , fazem o repolho ser bom também para cura. Veja como fazer um cataplasma desse vegetal.

Descasque as folhas e corte o tronco espesso.
Bata a folha , até que fique flexível e macia. Depois coloque as folhas sobre a parte do corpo a ser tratada e envolva com um filme plástico, para garantir que fique no local.

Esse tratamento é ideal para:

1. Artrite e dor nas articulações . É recomendado trocar o envoltório algumas vezes durante o dia.

2. Torção em tornozelos e pulso. Nesse caso aplique o tratamento durante a noite.

3. Infecção. Quando usar o envoltório de repolho para tratar uma infecção, não cubra com filme plástico, troque a cada 2 horas. Caso verifique inchaço aumentando, febre ou qualquer outro sintoma procure um médico.

4. Mastite. Para infecções da mama, recomenda-se aplicar as folhas de repolho diretamente na mama, dentro do sutiã. Substituir as folhas algumas vezes durante o dia.

5. Unha encravada. Envolver unhas encravadas com folha de repolho pode ajudar a tratar a infecção e reduzir o pus. Faça o procedimento a noite.

6. Tornozelos inchados. Envolva os tornozelos com as folhas de repolho e mantenha as pernas elevadas por 1 hora.

7. Cólicas Menstruais. Pegue folhas resfriadas da geladeira e coloque sobre o abdômen. O efeito é calmante. Caso seu organismo responda melhor ao quente, coloque as folhas de repolho no microondas ou aqueça na água quente .

Fonte: remedydaily

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.