Beber durante a refeição engorda e/ou aumenta barriga? Saiba agora

Você já se fez essa pergunta: beber durante as refeições faz mal, engorda ou aumenta a barriga?

Hoje você vai saber a resposta desta dúvida!

Muitas pessoas evitam tomar suco, água ou qualquer bebida durante as refeições. Pois segundo estudos antigos a bebida dificulta a digestão, dá barriga, engorda e outras tantas coisas.

A verdade é que seu corpo sempre vai se adaptar as sua rotina e hábitos. E neste caso não será diferente. Por tanto se você comer muito em todas as refeições, seu corpo aumentará sua capacidade para ingerir alimentos, o que vai fazer com que ele suporte melhor maiores quantidades de alimentos.

Sendo assim: ao bebermos nas refeições, estaremos aumentando o volume de nosso estômago, devido a ingestão de liquido + alimentos, que implicará num aumento de tamanho deste órgão.

Mas vale ressaltar que um volume grande de alimento e líquido pode dar a sensação de desconforto gástrico.

agua_durante_as_refeicoes_-_novo_-_edit

Essa situação de estômago cheio, você certamente já teve alguma vez.

Segundo estudos realizados: a ingestão de líquidos junto com as refeições não prejudica a digestão, até porque a digestão não ocorre apenas no estômago, ela vai até o intestino.

Ok, isso respondeu que não faz mal e não aumenta a barriga. Mas isso pode engordar?

Se a bebida ingerida por água não, pois ela não tem calorias. Mas se a bebida tiver carboidrato, proteína ou álcool, este habito pode te engordar.

Segundo os pesquisadores, ingerir 250 ml é o ideal neste caso. Evite as bebidas muito calóricas, como as citadas acima.*

Fonte:  .maisequilibrio

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.