Como destruir a bactéria helicobacter pylori com remédios caseiros

O Helicobacter pylori, mais conhecido por H.pylori, é uma bactéria que pode ser encontrada tanto no estômago como no duodeno, e é responsável por uma das infecções crônicas mais comuns da atualidade. Estima-se que mais 50% da população mundial possui o estômago colonizado por essa bactéria.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

Geralmente uma pessoa pode pegá-la através da saliva ou do contato oral com água e alimentos que tiveram contato com fezes contaminadas, porém, a forma como ela é transmitida ainda é incerta. Dito isso, a melhor forma de prevenção é dando especial atenção para os cuidados com a higiene.

O grande problema é que a presença dessa bactéria no organismo em geral não causa qualquer sintoma e geralmente ela só é descoberta em exames.

Por outro lado, é muito comum que as pessoas infectadas pela H.pylori desenvolvam úlceras ou até gastrites, e essas sim apresentem sintomas.

O tratamento nesse caso em geral é feito com medicamentos para tratar a gastrite e a úlcera, causadas pela bactéria, e antibióticos. Existem certos alimentos que podem ajudar a tratar esta condição e deixar seu estômago livre desta bactéria.

Aqui está uma pequena lista de alimentos que ajudam a combater da H. pylori:

Cúrcuma (açafrão-da terra)

Devido às suas propriedades medicinais, a cúrcuma tem sido alvo de muitos estudos nos últimos anos. Dentre seus vários benefícios, a cúrcuma é excelente para tratar diversos problemas no sistema digestivo, como inchaço na barriga, desconforto estomacal, náuseas e até gases.

Como a cúrcuma possui propriedades anti-inflamatórias e anti-bactericidas, ela tem a capacidade de estimular o sistema imunológico para criar defesas contra essa bactéria.

Cranberry

Talvez você não goste do cranberry pelo seu leve amargor, mas esse fruto tem qualidades que vão muito além do seu sabor. Um dos seus usos medicinais mais comuns é como auxiliar no tratamento de infecções do trato urinário. Ele é muito eficientes quando se trata de eliminar as bactérias e infecções do aparelho urinário.

Uma pesquisa mostrou que o suco de cranberry foi capaz de inibir o crescimento e até de eliminar o H.pylori do sistema digestivo dos participantes.

Brócolis, repolho e couve

Brócolis são ricos em sulforafano, um composto que pode prevenir o crescimento excessivo da bactéria Helicobacter pylori. Além do brócolis, esse composto pode ser encontrado também no repolho e na couve. Esses vegetais são não só eficientes contra a bactéria, como eficazes no tratamento de úlceras e gastrites.

Própolis verde

O própolis é um famoso bactericida e antibiótico natural, e por essa razão, tem sido usado como remédio caseiro para tratar as infecções por H.pylori. Recomenda-se colocar 20 gotas de própolis verde (sem álcool) em 200mL de água, e tomar a mistura duas vezes por dia, sendo a primeira delas em jejum. O tratamento em geral dura 30 dias.

Chá verde

Estudos têm mostrado que o chá verde reduziu significativamente a bactéria H. pylori nas pessoas que o consomem diariamente. Segundo essas pesquisas, sua eficácia é graças aos seus níveis elevados de polifenóis que inibem a ação da H. pylori.

Azeite de oliva

Devido a suas grandes quantidades de antioxidantes, o azeite de oliva se torna um ótimo remédio para acabar com a H. pylori. Além de possuir propriedades antibacterianas potentes, também contém fenóis que permanecem estáveis e inalterados por horas no estômago, mesmo sob a influência dos ácidos estomacais.

A quantidade exata de óleo de oliva para ser usado contra bactérias não é conhecida, mas os especialistas acreditam que o consumo regular de pequenas doses já é suficiente.

Fonte: How to Cure H. Pylori Naturally at Home

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.