Como fazer o cabelo crescer mais rapido e ficar mais grosso

Um fato pouco conhecido sobre as cebolas é que elas podem ajudar a desbastar seu cabelo.

As cebolas tem uma quantidade elevada de enxofre nelas. Porque o enxofre ajuda na circulação sanguínea ele também pode ajudar a reparar e crescer seu cabelo.

Uma das principais coisas necessárias para o cabelo crescer é o enxofre.

Como você deve saber, a proteína é essencial para o crescimento do cabelo.

A queratina também é uma proteína que tem grande quantidade de aminoácidos sulfúrico.

Os cientistas provaram que cebolas ajudam na perda de cabelo e outros problemas capilares como caspa e infecções.

Você vai precisar de:
– 1 cebola
– Mel
– Misturador
– Peneira
– Tigela
– Óleo essencial a sua escolha

Passos:
Descasque e pique a cebola.
Coloque a polpa em uma peneira e pressione para extrair o suco.
Adicione 1 ou 2 colheres de chá de mel ao suco da cebola.
Misture algumas gotas de óleo essencial, pode ser de lavanda.

Modo de Uso:
Massageio o couro cabeludo com essa mistura.
Cubra seu cabelo com uma touca e deixe durante a noite ou por 30 minutos.
Enxágüe o cabelo.
Repita diariamente por alguns meses.

Dicas:
Você pode ralar ao invés de picar a cebola.
Para espremer você pode usar um juicer.
Para evitar de chorar ao manusear a cebola, deixe ela por cerca de 15 minutos no congelador.

O óleo essencial perfumado também promove o crescimento capilar, pode ser de alecrim, lavanda, hortelã-pimenta ou outros.

Você também pode adicionar suco de limão ou água de rosas para cobrir o cheiro forte da cebola.

Fonte: How to Grow Hair Faster, Thicker and Longer

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.