Como regular o intestino, perder peso e normalizar o colesterol usando este simples ingrediente

Se você esta sem tempo pra ler a matéria, veja o vídeo abaixo:

Que o limão tem um potencial medicinal incrível você já sabe né?!

Com sua acidez, ele consegue alcalinizar o organismo, fazendo a eliminação das toxinas.

Normalmente aproveitamos só a parte interna do limão, o seu suco, mas essa receita vai fazer você dar valor a casca do limão.

Sim, a casca do limão é rica em pectina. Que ajuda a limpar o intestino e favorece a perda de peso.

Além de conter d-limoneno, que possui propriedades anticancerígenas, dissolve cálculos renais e evita que as artérias fiquem entupidas.

Dessa forma, hoje você vai aprender a fazer uma farinha de limão, que vai te possibilitar usufruir de todos esses benefícios.

Veja como é fácil de preparar:

INGREDIENTES
10 limões

COMO FAZER
Corte os limões, se quiser aproveitar o sumo do limão, você pode fazer uma limonada.

Depois lave bem as cascas que sobraram, e deixe viradas para baixo em um escorredor para secar bem.

Depois de secas, coloque no liquidificador sem água.

Coloque essas cascas trituradas em uma assadeira de vidro, e coloque no forno, em temperatura baixa. Mecha sempre para não queimar o fundo.

Você pode deixar a porta do forno meio aberta, para controlar melhor.

Quando estiverem totalmente desidratadas, retire, bata de novo no liquidificador e peneire.

Guarde em um recipiente de vidro que tenha tampa.

Use a farinha para misturar em chás, vitaminas, lanches e sopas, ou ainda pode colocar sobre o feijão, o macarrão e a salada. Consuma no máximo 3 colheres por dia.

Fonte: curapelanatureza

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.