Como tratar unha encravada com 2 ótimos tratamentos caseiros

A onicocriptose, ou o termo popular unha encravada, é uma dor ou inflamação que ocorre no dedo quando a borda lateral da unha fere a pele adjacente, enterrando-a ao seu redor.

Isto acontece porque a pele forma uma barreira ao crescimento da unha e, como a unha é mais dura e não pára de crescer, ela entra na pele causando os sintomas mais comuns como dor e inflamação.

As causas mais prováveis são o corte de maneira incorreta da ponta das unhas e sapatos apertados.

Ocorre mais comumente nas unhas dos pés mas também raramente afeta as mãos.

O que fazer para tratar a unha encravada?

Una-encarnada

Para tratar a unha levemente encravada e inflamada em casa, é recomendado:

  • Deixar o pé ou a mão que tem a unha encravada de molho em uma bacia com água morna ou quente, por cerca de 20 minutos;
  • Tentar levantar o canto da unha que está encravada na pele com uma pinça e colocar um pequeno pedaço de algodão ou gaze entre a unha e a pele para mantê-la elevada. Mudar o algodão ou a gaze uma vez por dia, depois de estar em água quente 20 minutos;
  • Passar alguma solução antisséptica e cicatrizante como o Povidine, por exemplo, para ajudar na cicatrização e evitar que a região infeccione.

Se necessário, para aliviar a dor quando se tenta levantar a unha encravada e inflamada, pode-se passar uma pomada anestésica como lidocaína no local. Após a colocação do algodão ou gaze, se o indivíduo continuar com dores, pode tomar um remédio analgésico e anti-inflamatório como Ibuprofeno ou Paracetamol, por exemplo.

O que não fazer em caso de unha encravada

Em caso de unha encravada não se deve:

  • Cortar a parte da unha encravada;
  • Cortar a unha em “v”;
  • Colocar um penso apertado.

Estas medidas apenas pioram a unha encravada e aumentam o risco da unha encravar novamente.

O que fazer na unha encravada com pus

A unha encravada com pus deve ser vista por um dermatologista ou podólogo, pois nestes casos, geralmente é necessário usar pomadas antibióticas para colocar na unha e tratar a infecção.

Mesmo com o uso de pomada antibiótica, o tratamento para unha encravada com pus normalmente inclui levantar a unha e colocar um pouco de algodão ou gaze.

Cirurgia para unha encravada

A cirurgia para unha encravada é indicada nos casos em que é frequente as unhas encravarem e o tratamento com elevação da pele não resulta.

A cirurgia para unha encravada é feita com anestesia local e, na maioria dos casos, não é necessário retirar toda a unha. Dependendo da unha a tratar, o médico pode optar por aplicar um ácido que destrói parte da unha que estava encravada, por exemplo.

Como prevenir as unhas encravadas

Para prevenir as unhas encravadas deve-se cortá-las de forma reta e nunca arredondada, pois as unhas redondas têm maior probabilidade de encravarem.

Outras dicas para não ter as unhas encravadas é usar sapatos confortáveis, que não apertem muito o pé e mudar as meias todos os dias.

Além dessas dicas existe também 2 tratamentos caseiros e naturais que você pode fazer em casa para unha encravada.

ÓLEO DE CRAVO DA ÍNDIA
Esse óleo é ótimo para tratar unha encravada.

INGREDIENTE
30 gramas de cravo-da-índia
200 ml de azeite de oliva

MODO DE PREPARO
Misture tudo e cozinhe em banho-maria por uma hora. Deixe esfriar, coe e guarde em um vidro limpo e seco. Depois disso é só aplicar sobre a unha encravada.

SUCO DE CEBOLA
Outro tratamento muito bom para unha encravada é com suco de cebola. É muito simples.

INGREDIENTE
1 cebola
200 mL de água

MODO DE PREPARO
Faça diariamente suco de cebola (liquidifique uma cebola com 200 ml de água e coe). E introduza o dedo com a unha encravada, por alguns minutos, nesse suco até encharcá-la bem. Deixe secar e em pouco tempo a unha estará curada.

Fonte:  homeremedyshop

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.