Conheça 9 fantásticos alimentos que protegem seus ossos da osteoporose!

Os Ossos fornecem a estrutura para o corpo, protegem os órgãos e dão força aos músculos.

Muitas vezes ouvimos como é importante para as crianças obter uma quantidade adequada de cálcio para construir ossos fortes, mas isso também é importante na fase adulta – tomar medidas para garantir que seus ossos se mantenham saudáveis e fortes.

Os ossos estão constantemente mudando. O osso novo está sendo feito enquanto o osso velho está sendo abandonado.

Nas crianças, o osso novo desenvolve a uma taxa mais rápida. A maioria das pessoas atingem o seu pico de massa óssea em torno de 30 anos.

Depois disso, o ciclo do osso continua, mas a massa óssea que você perde torna-se maior do que a massa óssea que você ganha.

food-osteo-FI-759x420

O risco de osteoporose depende de quão rápida a massa óssea é perdida. Um certo número de fatores podem afetar a saúde dos ossos, incluindo:

* A quantidade de cálcio na dieta – Uma dieta pobre em cálcio pode conduzir a perda de osso mais cedo.
*  A atividade física – Aqueles que são fisicamente inativos têm um maior risco de osteoporose.
*  Tabaco e álcool – O uso excessivo pode contribuir para ossos fracos.
*  Gênero – As mulheres são mais propensas a desenvolver osteoporose.
*  Idade – Os ossos tornam-se mais fino e mais fraco com a idade.
*  História familiar – O risco aumenta com a história familiar de osteoporose.
*  Os níveis hormonais – os hormônios da tiroide em excesso podem causar perda óssea.
* Transtornos alimentares – anorexia e bulimia contribuem para a perda óssea.
* Certos medicamentos – O uso a longo prazo de medicamentos corticosteroides são prejudiciais ao osso.

Veja agora 9 super alimentos para proteger os seus ossos

Em qualquer idade, é importante garantir que seu corpo está recebendo os nutrientes de que necessita para proteger seus ossos e mantê-los saudáveis ​​e fortes. Considere adicionar estes alimentos à sua dieta:

1. Iogurte – contém vitamina D e cálcio, que vai ajudar a promover a saúde óssea. Adicione gergelim no seu iogurte para impulsionar o ganho de manganês, magnésio e selênio!

2. Espinafre – é uma ótima maneira de obter cálcio se você não é um fã de produtos lácteos. Uma xícara de espinafre cozido contém quase 25% da ingestão diária recomendada de cálcio. Espinafre também contém fibras, ferro e vitamina A.

3. Batata Doce – contêm magnésio e potássio, que pode também promover a saúde óssea. Ser pobre em magnésio pode afetar o seu equilíbrio de vitamina D, que por sua vez pode afetar a sua saúde óssea.

4. Toranja – adicione uma toranja no seu café-da-manhã e você irá prevenir a perda óssea. Ela contem cerca de 91 miligramas de vitamina C.

5. Figos – 5 figos frescos de tamanho médio contém cerca de 90 miligramas de cálcio, juntamente com outros nutrientes, como potássio e magnésio.

6. Manteiga de amêndoa – feita a partir de amêndoas frescas, a manteiga de amêndoa é uma maneira doce e deliciosa de aumentar a sua ingestão de cálcio. Amêndoas também contêm potássio e proteína!

7. Leite de amêndoa ou leite de coco – é uma ótima maneira de obter cálcio.

8. Brócolis – são vegetais crucíferos que contém cálcio e vitamina K – um nutriente essencial para formar o tipo de proteína encontrada em ossos.

9. Feijão Branco – rico em cálcio, fibra solúvel, de ferro e de potássio – possui os nutrientes essenciais para reduzir o risco de osteoporose.

Fonte:  befitmommy

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.