Depois de ler isso, você não voltará a se sentar assim

Sentar com as pernas cruzadas é uma postura que adotamos de forma quase automática. Esta posição tem uma conotação elegante, estética e até mesmo sensual em nossa cultura, e por conta disto a aprendemos rapidamente.

Nosso corpo se acostuma a cruzar as pernas sem pensar, e são poucos os que conhecem as implicações que esta posição traz para nosso corpo e nossa saúde.

Ainda que esta mulher pareça bonita sentada assim, isto é o que pode acontecer com seu corpo a longo prazo simplesmente por apoiar uma perna na outra:

1 – Manter a mesma postura durante muitas horas pode causar um problema chamado de paralisia do nervo peroneal.

Isto também pode acontecer se você se senta em outras posições durante muito tempo. No entanto, a posição que mais causa a paralisia do nervo peroneal é a de pernas cruzadas.

2 – Quando você se senta durante muito tempo com as pernas cruzadas, aumenta a pressão sanguínea do seu corpo. Isto foi comprovado por sete estudos diferentes em 2010.

Mesmo que você não tenha problemas com sua pressão sanguínea, o simples evitar deixar as pernas nesta posição pode ajudar que você tenha uma vida mais saudável e previna infecções circulatórias posteriores.

3 – Isto pode ser dever ao fato de que, colocando um joelho sobre o outro, você envia sangue das pernas até o tórax, o que resulta em sangue mais bombeado pelo coração, e isto aumenta a pressão; ou ao fato de que o aumento da pressão por conta do esforço isométrico dos músculos das pernas (tensionar um músculo e mantê-lo parado numa posição ao mesmo tempo em que a tensão é mantida) aumenta a resistência do sangue que passa pelas veias.

É por isso que cruzar as pernas na altura dos tornozelos não tem o mesmo efeito de cruzá-las colocando um joelho sobre o outro.

4 – Sentar nesta posição também pode fazer com que a articulação do seu quadril saia do eixo, fazendo com que a coxa saia ligeiramente de sua posição inicial. Isto, com o passar dos anos, faz com que a ponta do fêmur deixe de se encaixar como antes na cavidade do osso ilíaco.

5 – Ter o hábito de cruzar as pernas pode, no longo prazo, fazer com que surjam varizes. Ainda que esta seja uma condição muito ligada à genética que seu corpo carrega desde o nascimento, o fato de cruzar as pernas pode acelerar o processo de irritação das veias.

pernas cruzadas

6 – Isto se deve à existência de pequenas válvulas nos vasos sanguíneos que evitam que o sangue flua na direção errada, e estas válvulas se estreitam e se debilitam quando você pressiona uma perna sobre a outra. Tal postura faz com que o sangue se estanque, causando inchaço das veias.

7 -Um estudo concluiu que as pessoas que se sentam com as pernas cruzadas por mais de três horas por dia tendem a assumir uma postura encurvada e pouco saudável para a coluna vertebral e para os músculos das costas e pernas.

Agora que você conhece esta informação, basta escolher com consciência a posição na qual irá se sentar.

Para evitar problemas de saúde em curto e longo prazo, procure descruzar as pernas sempre que se surpreender adotando esta postura.

Fonte: incrivelclub

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.