Descubra as maravilhas que a sálvia pode fazer pela sua saúde!

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

A sálvia é uma erva de talo fino, folhas com uma cor verde acinzentada e uma flor violeta. A planta é nativa da Europa, mas pode facilmente crescer em qualquer lugar.

Existem quatro tipos de sálvia. No passado, essa erva era considerada sagrada devido ao seu uso bem-sucedido no tratamento de diferentes doenças.

A sálvia possui substâncias como saponinas, enzimas antibacterianas, estrogênio, vitaminas B e C, óleos essenciais, bem como potássio e outros minerais que podem melhorar o quadro geral da sua saúde.

Para termos uma ideia do poder de cura da sálvia, veja alguns dos poderosos efeitos que ela pode nos trazer:

-Equilíbrio do sistema nervoso;

-Melhora na circulação;

-Diminui a fadiga;

– É um ótimo remédio para a anemia;

-Tem poderosas propriedades adstringentes;

-Alivia problemas digestivos, como diarreia;

-Alivia os sintomas da menopausa;

-Regula os níveis de açúcar no sangue;

-Cura úlceras e feridas;

-Protege a mucosa vaginal;

-Evita a retenção de líquidos e trata a cistite;

– Trata a maioria dos problemas bucais;

-Tem propriedades antissépticas e anti-inflamatórias;

– Por aliviar os sintomas menstruais, a sálvia é conhecida como a “erva feminina”.

Com tantos benefícios, saber como usar a sálvia é importantíssimo, especialmente para tratar problemas mais corriqueiros de forma mais natural. Por isso, aprenda como usar a sálvia em cada caso.

PROBLEMAS NA GARGANTA E NAS GENGIVAS

Prepare uma panela de chá de sálvia e deixe esfriar. Basta gargarejar o chá três vezes por dia para aliviar infecções de garganta e doenças de gengiva.

TRATAMENTO PARA SUOR EXCESSIVO

Misture cinquenta gramas de sálvia seca em meio de um litro de álcool 70%. Deixe em fusão por uma semana, sacudindo-o ocasionalmente todos os dias. Após esse período, consuma 50 gotas da mistura todo dia.

TÔNICO DIGESTIVO E CICATRIZANTE

Para cada colher de chá de sálvia use uma xícara de água fervente para fazer o chá. Beba três vezes ao dia para tratar problemas digestivos e melhorar sua capacidade de cicatrizar feridas.

CHÁ PARA PROBLEMAS GINECOLÓGICOS E DO SISTEMA NERVOSO

Coloque quatro gramas de sálvia seca em uma xícara de água fervente. Após esfriar, consuma regularmente para combater problemas ginecológicos e distúrbios do sistema nervoso.

TRATAMENTO DE REUMATISMO

Se você está sofrendo desses transtornos e tiver uma banheira em casa, encha a banheira com água quente e coloque dois punhados de folhas de sálvia. Relaxe por 15 minutos. Repita o procedimento de 2 a 3 vezes por semana.

CICATRIZANTE NATURAL A BASE DE SÁLVIA

Misture mel à solução de sálvia usada para tratar suor excessivo (sálvia e álcool 70%) e aplique essa solução em feridas para melhorar a cicatrização.

INFECÇÕES DE FUNGOS NA PELE

Caso tenha uma banheira, relaxe em banho de sálvia de 2 a 3 vezes por semana para aliviar infecções de fungos na pele.

TRATAMENTO PARA A ARTRITE

Esfregue as articulações dolorosas com óleos essenciais de sálvia para aliviar a dor e tratar os sintomas da artrite.

AVISO: Tenha em mente que sálvia não pode ser usada no primeiro trimestre de gravidez, pois pode prejudicar a formação do feto. Também é aconselhável evitar o uso da sálvia em caso de amamentação, pois pode inibir a produção de leite. Além de mulheres grávidas, pessoas com problemas renais também devem evitar usar a sálvia.

Fonte:  naturalcarebox

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.