E se a intolerância não for ao glúten? Glúten pode não ser o que está deixando você doente

E se o glúten não for o grande problema que todos pensam ser? Há anos as pessoas evitam pães, massas e outros alimentos comuns porque acreditam que são sensíveis ao glúten.

Uma nova pesquisa está apontando para outro possível culpado pelos sintomas que estão associados à sensibilidade ao glúten. Esses sintomas incluem dores de cabeça, inchaço e retenção de líquidos.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

No entanto, antes de começarmos a dizer a todos que eles podem voltar a consumir glúten, é importante reconhecer que uma pequena porcentagem de pessoas é alérgica a essa mistura de proteínas armazenadas encontradas em muitos grãos.

A verdade é que algumas pessoas têm uma doença muito rara chamada doença celíaca que faz com que elas tenham uma séria reação negativa quando digerem até mesmo a menor quantidade de glúten.

A presença desta doença pode ser confirmada com um exame de sangue realizado por um profissional médico. Para essas pessoas com resultados positivos, o glúten deve ser completamente removido de suas dietas e evitado a todo custo.

No entanto, para a multidão de pessoas que simplesmente pensam que são sensíveis ao glúten, a notícia está a caminho. Alguns estudos estão apontando para a possibilidade de uma substância diferente causar a maioria dos problemas pelos quais o glúten está sendo responsabilizado.

É chamado de frutano e é um carboidrato encontrado no trigo. Também é encontrado em alguns vegetais verdes como repolho e aspargo, assim como cebola e alho.

Ainda pior do que estar presente em outros alimentos além do trigo, este carboidrato sorrateiro que pode estar causando tantos problemas de inchaço pode ter sido também o culpado por trás de uma dieta de moda passageira um pouco perigosa que tem pessoas cortando qualquer consumo de trigo de suas dietas.

A pesquisa acima mencionada usou três tipos de barras de cereais para mostrar que as pessoas que pensam que são sensíveis ao glúten tiveram pouca ou nenhuma reação quando receberam uma barra de cereais contendo glúten. Mas, quando receberam uma barra de cereais que continha frutanos, a grande maioria teve uma reação negativa.

Se o estudo estiver correto, ele poderá reverter uma tendência e realmente ajudar as pessoas a melhorar sua saúde, evitando o que realmente está fazendo com que elas reajam, em vez do que se acredita que as faça reagir por tanto tempo.

Alimentos com níveis mais altos de glúten, mas níveis mais baixos de frutanos podem ser os mais consumidos daqui em diante.

Gostou deste artigo? Se você gostou compartilhe com seus amigos.

Fonte: Gluten May Not Be the Ingredient in Wheat That

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.