10 usos para o vick vaporub – você vai adorar o segundo

Vick VapoRub é muito antigo, e usado por muitas pessoas. Você já viu várias receitas com ele aqui no blog.

Ele é normalmente usado para o tratamento de dores de cabeça, dor de garganta, resfriado, tosse, nariz entupido e congestão no peito. Mas hoje você vai conhecer mais 10 usos para ele:

1. contra os mosquitos – ele funciona como um repelente, por isso se quiser mosquitos longes de sua pele, aplique um pouco de vick em você. Para deixar as moscas longe de sua cozinha, coloque uma embalagem de Vick aberta sobre a mesa.

2. melhora a dor nos músculos – massageie os músculos doloridos com Vick. Em seguida, cubra a área com uma toalha quente e seca.

alho_-_vick_vaporub

3. melhora contusões – uma pitada de sal e Vick VapoRub vão ajudar a melhorar sua contusão.

4. ajudar na dor de “cotovelo de tenista” – aplique o produto na região dolorida fazendo uma suave massagem.

5. acaba com as rachaduras nos pés – antes de dormir, coloque um pouco de Vick Vaporub em seus pés e calcanhares e calce suas meias.

6. elimina fungos nas unhas – aplique Vick sobre a unha infectada duas vezes por dia.

7. trata eczema – alivie a inflamação e coceira do eczema aplicando Vick sobre a pele, na região afetada.

8. trata estrias – é só aplicar vick na região afetada, e você verá o resultado após duas semanas de aplicação regular.

9. elimina verrugas – aplique Vick 2 vezes por dia na verruga e cubra com uma gaze. Faça isso por 2 semanas, até que a verruga desapareça totalmente.

10. combate pé de atleta – use vick 2 vezes ao dia na área afetada.

Fonte:  melhorcomsaude

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.