Eles te disseram que o óleo de coco faz bem para a pele? Aqui está o que eles não contaram a você!

Parece errado colocar óleos em seu rosto, quando há anos ouvimos que deixariam a pele gordurosa!

Mas usar óleo natural é uma das melhores coisas que você pode fazer para a sua pele. O óleo nutre e acalma a pele permitindo que os ingredientes ativos sejam absorvidos na pele, melhorando os seus efeitos benéficos! Quem diria???

Existem muitos óleos maravilhosas disponíveis, mas estes são alguns dos nossos favoritos, devido aos seus benefícios comprovados na pele:

Óleo de rosa mosqueta

Este óleo penetra profundamente na pele, onde ele ajuda a regenerar suas células e aumentar a produção de colágeno.

É rico em vitamina C, ácidos omega-3 e omega-6 que são conhecidos por ajudar a curar o tecido da cicatriz e reduzir a inflamação.

Também é rico em ácido retinóico, o que ajuda a reduzir o aparecimento de linhas finas e rugas.

Mas não apenas protege contra sinais de envelhecimento prematuro, também contém ácido linoleico que, em combinação com os seus outros ingredientes poderosos, pode ajudar no reparo com cicatrizes leves e manchas de acne, e ainda evita elas.

Melhor para: pele irregular, cicatrizes, linhas finas, anti-envelhecimento e acne-propensa pele.

Óleo de coco

O óleo de coco é perfeito para a pele super sensível. É anti-bacteriano, anti-viral e anti-inflamatório, dando a sua pele uma textura macia e suave.

Os ácidos graxos de cadeia média no óleo de coco também ajudam a reter o conteúdo de umidade da pele, tornando-se uma ótima opção para condições de pele como eczema.

Usá-lo durante todo o ano, uma vez que ajuda a acalmar a pele nos meses frios e ventosos, bem como repor a umidade depois de um pouco de excesso de exposição ao sol!

O teor de ácido láurico protege a superfície da pele, tornando-o ideal para aliviar a pele seca, áspera.

Azeite Extra Virgem

O azeite extra virgem é um bom hidratante, pois é rico em ácidos graxos, vitamina A e óleo de E. O azeite de oliva é semelhante aos óleos produzidos naturalmente pela nossa pele, por isso também é bem absorvido, ajudando a aumentar a elasticidade da sua pele.

Os antioxidantes no azeite de oliva pode até mesmo ajudar a proteger contra o câncer de pele! No entanto, aqueles com acne  devem evitar usá-lo em seu rosto, pois é um óleo mais pesado e pode contribuir para manchas.

Ele ótimo se aplicado no banho, ou quando aplicado antes de tomar banho. A água morna permite que sua pele absorva mais umidade.

Melhor para: pele seca e desidratada.

passar oleos no rosto

Óleo de gergelim

Apesar da popularidade como um óleo de cozinha, o óleo de gergelim ainda não teve a fama que merece no mundo da beleza.

Ele é a arma secreta todos os dias para uma pele linda! O óleo de gergelim pode agir de uma forma semelhante ao filtro solar, protegendo a pele dos danos do sol, resistindo a 30% dos raios UV!

Se você se cortar, coloque óleo de gergelim no corte e ferida, pois ele ajuda a cicatrizar de forma mais rápida já que tem propriedades antibacterianas.

Ele também pode ajudar com condições de pele como psoríase e eczema, hidratante e nutrir a pele, proporcionando benefícios anti-inflamatórios.

Sesamol, vitamina E e outros potentes antioxidantes ajudam a combater os danos dos radicais livres, e devido à sua elevada viscosidade, o óleo facilmente penetra na pele, repara células danificadas da pele e nutri de dentro.

Fonte: bodyunburdened

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.