Esta bebida que você tem em casa destrói seus ossos e está cheia de produtos químicos – pode até causar câncer

Os riscos que o refrigerante pode causar para a saúde são inúmeros, mas o mundo inteiro continua consumindo-os. Houve um ligeiro decréscimo nas vendas graças a aqueles que os evitam, mas todo anos são vendidos mais de R$ 210 bilhões de refrigerante.

Se você ainda está lutando contra o vício de açúcar e ainda não abandonou o refrigerante, aqui estão algumas razões surpreendentes porque você deve evitá-lo:

1. pode levar à osteoporose

O refrigerante possui ácido fosfórico que existe em muitos alimentos integras, mas que em excesso pode levar a problemas de coração e rim, perda de massa muscular, osteoporose, e pode acelerar o processo de envelhecimento.

O excesso de ácido fosfórico em relação à ingestão de cálcio pode causar perda óssea, e a cafeína no refrigerante pode interferir com a absorção de cálcio. Uma dieta que contém refrigerante diminui a densidade óssea e aumenta o risco de osteoporose.

soda-FI-759x419

2. provoca ganho de gordura

Pesquisadores dinamarqueses descobriram que beber refrigerante leva a um aumento dramático no acúmulo de gordura em torno do fígado e músculos esqueléticos – ambos os quais contribuem para a resistência à insulina e diabetes.

O estudo descobriu que aqueles que beberam um copo de refrigerante todos os dias durante seis meses registaram um aumento no gordura no fígado, gordura esquelético, gordura no sangue triglicerídeos e outras gorduras em órgão, juntamente com um aumento de 11% no colesterol.

3. refrigerante contém aditivos que causam câncer

Eles são repletos de corantes e aromas artificiais, sem contar os ingredientes que os deixam durarem anos nas prateleiras de super mercados.

4. provoca a cárie dentária

Os dentistas confirmaram que o refrigerante pode provocar cárie dentária em crianças e adultos que bebem muito refrigerante. O ácido cítrico presente no refrigerante corrói o esmalte e, eventualmente, a dentina, que é o núcleo do dente.

5. leva à doença

Doença hepática: Consumir muita frutose através de bebidas açucaradas pode sobrecarregar o fígado, fazendo com que a frutose se transforme em gordura. Esta gordura pode permanecer no fígado e levar a esteatose hepática não-alcoólica.

Resistência à Insulina: O consumo de muito açúcar também pode fazer com que as células se tornem mais resistentes aos efeitos da insulina. Quando isto acontece, o pâncreas deve produzir ainda mais insulina para remover a glucose a partir da corrente sanguínea, aumentando os níveis e a resistência a inulina.

Diabetes tipo 2: Beber uma lata de refrigerante por dia tem sido associada ao risco de desenvolver diabetes tipo 2.

Doença cardíaca: Muitos estudos descobriram fortes ligações entre a ingestão de açúcar e o risco de doença cardíaca. Apenas uma bebida açucarada por dia pode aumentar em 20%  a chande de uma doença cardíaca, ou de ter um ataque cardíaco ou morrer de um ataque cardíaco.

Demência: Pesquisadores descobriram uma ligação entre o aumento do açúcar no sangue e um aumento do risco de demência. Grandes doses de bebidas açucaradas pode prejudicar a memória e capacidades de tomada de decisão, podendo levar a doenças como a doença de Alzheimer.

Fonte: davidwolf

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.