Gordura no fígado? Coma estes 7 alimentos para limpar naturalmente o seu fígado!

A importância do fígado não pode ser subestimada. Ele possui várias funções essenciais e nenhum outro órgão pode compensar sua má função.

O fígado é responsável por produzir e excretar bile. Também excreta colesterol e hormônios.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

Gorduras metabolizantes, proteínas e carboidratos também são de responsabilidade do fígado, mas o trabalho mais importante do fígado é filtrar nosso sangue.

As pessoas cujos fígados começam a desligar passaram por um processo conhecido como diálise, onde estão conectados a uma máquina que realiza esse processo para eles.

Ele desintoxica nosso corpo, e quando nos encontramos sob ataque, de toxinas e conservantes nocivos nos alimentos, ajudando o corpo a fazer seu trabalho naturalmente.

Existem alimentos que podemos comer para manter nosso fígado saudável e funcionando adequadamente.

Colocar o fígado na melhor posição possível para nos manter saudáveis deve ser uma das nossas principais prioridades. Dê uma olhada em nossa lista de alimentos com excelente sabor que podem ajudar o seu fígado a funcionar corretamente.

Frutas Cítricas
Laranjas, tangerinas, limões, limas e toranjas. Há uma abundância de frutas cítricas para nós escolhermos. Sendo ricos em vitamina C, esses frutos fortalecem o fígado, aumentando a produção das enzimas responsáveis pela desintoxicação. Esta importante vitamina também tem a capacidade de transformar certas toxinas em materiais solúveis. As frutas cítricas ajudam a combater os radicais livres e estão cheias de antioxidantes.

Maçã
Permanecendo na seção de frutas do mercado, também podemos escolher a comida que, se ingerida diariamente, mantém o médico longe. Maçãs têm uma substância conhecida como pectina que mantém o fígado limpo e saudável. Pode ser por isso que dizem que elas afastam o médico.

Salada
Folhas verdes com tomates é uma receita fantástica para um fígado saudável. Os vegetais folhosos fornecem clorofila que aumenta a produção de bílis, que por sua vez, aumenta a absorção de gordura. A clorofila nos dá mais energia e muitas vezes é um bom substituto para suplementos de ferro. Adicionar tomates à sua salada também ajuda a limpar o fígado, graças à glutationa que contém. O licopeno encontrado no tomate combate certos tipos de câncer.

Alho
Embora muitas pessoas saibam que o alho afasta mosquitos irritantes, menos pessoas sabem os benefícios que ele proporciona ao fígado. Ele ajuda a limpar o fígado com dois compostos especiais conhecidos como alicina e selênio e ativa o processo de liberação de toxina ao mesmo tempo.

Couve de Bruxelas
Elas se parecem com couves bebê, mas não deixem que seu tamanho engane você. Eles fazem um trabalho fantástico de afastar os danos causados pelas toxinas que vêm do nosso ambiente, bem como através da nossa comida.

Açafrão
Esse tempero popular, amplamente utilizado na culinária indiana, é frequentemente considerado o tempero mais importante para a função hepática. Não só é dito que elimina as toxinas promovendo a produção de importantes enzimas, como também ajuda a liberar substâncias cancerígenas do sistema.

Grãos sem Glúten
O glúten enfatiza o fígado, portanto, qualquer grão que contenha glúten fará o mesmo. Estes incluem trigo, farinha e tudo o que diz que foi enriquecido. Grãos sem glúten incluem sorgo, amaranto, bem como a popular quinoa e trigo sarraceno. Experimente estes alimentos para uma melhor saúde do fígado.

Gostou deste vídeo? Se você gostou do vídeo, curta, se inscreva no canal e compartilhe com seus amigos.

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.