Isso revela porque você deve comer mais ovos

Os ovos passaram por alguns momentos difíceis ao longo das últimas décadas. Desde 1960, vários estudos mostraram que comer muita gema do ovo eleva o colesterol.

Mas no início deste ano, as orientações foram revisadas, e o colesterol não é mais considerado um “nutriente preocupante”.

Afinal, o que a ciência agora diz sobre os tão adorados ovos?

Os ovos são ricos em proteínas, e estudos têm mostrado que eles podem ajudar a perder peso, aumentar a massa muscular, e baixar a pressão arterial.

Eles também contêm todos os aminoácidos essenciais que o corpo humano necessita, e um estudo recente descobriu que misturar ovos com saladas pode melhorar significativamente a absorção de nutrientes contidos nos vegetais crus.

Além disso, os ovos reduzem o risco de doenças cardíacas e acidente vascular cerebral, porque eles são ricos no que é conhecido como colesterol HDL – apelidado de “bom” colesterol.

Quanto maior o nível de HDL, menos colesterol ‘ruim’ você vai ter no seu sangue. E adivinha? Um único ovo contém quase a metade da ingestão diária recomendada do colesterol HDL.

 

como-fritar-ovo-com-agua-e-sem-oleo-1

Eles podem até contribuir para a sua saúde geral dos olhos, porque os antioxidantes que você obtém dos ovos pode diminuir o risco de contrair catarata e degeneração macular, e eles dão-lhe uma boa dose de vitamina A – a deficiência que é a causa mais comum de cegueira no mundo.

Portanto, não tenha medo dos ovos – eles são uma maneira fácil de ingerir um monte de nutrientes. Como tudo na vida requer moderação, não exagere.

Fonte:  misteriosdomundo

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.