O melhor remédio natural para limpar seus pulmões e livrá-los da nicotina e alcatrão

Considere duas possibilidades:

1. Você é fumante e está querendo deixar o vício

2. Você já foi fumante e largou o fumo

Para qualquer uma das situações, saiba que seu pulmão está super carregado de nicotina e outras substâncias tóxicas.

Caso você não tenha parado de fumar ainda, faça isso o mais breve possível. Você mais do que ninguém sabe como essa droga está prejudicando seu organismo.

limparpulmao1

No entanto, se você já deixou de ser fumante e pensa que esta matéria não será útil – engana-se.

O pulmão dos fumantes fica lesado por muitos anos, mesmo depois de terem largado o vício.

Por isso, acreditamos que a receita que vamos apresentar é essencial. Você só precisará de cinco ingredientes.

INGREDIENTES

400 g de cebola

2 colheres de chá de açafrão-da-terra (o mesmo que cúrcuma)

3 cm de raiz de gengibre

1 litro de de água

400 gramas de açúcar mascavo ou mel

limparpulmao2

MODO DE PREPARO

Ferva a água com açúcar ou mel, como preferir. Caso escolha o mel, só coloque no final do preparo.

Em seguida, acrescente as cebolas picadas e a raiz de gengibre ralada.

Quando a mistura ferver novamente, coloque 2 colheres (chá) de açafrão em pó e deixe no fogo mais baixo.

Quando ferver, você vai observar que ela vai reduzir pela metade. Então você deve desligar o fogo, coar o remédio e transferir a bebida para uma jarra ou frasco de vidro.

Quando esfriar completamente, coloque na geladeira.

É aconselhável tomar o remédio duas vezes por dia – de manhã, ainda em jejum – e após o jantar ou lanche da noite.

Basta tomar 2 colheres (sopa) de cada vez.

Fonte:  healthyfoodvision

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.