O perigo dos sacos de saladas ‘pré lavados’

Pare! Não compre mais esses sacos de salada ‘pré lavados’ , até que você leia esta matéria por completo!

As saladas ensacadas são a causa de várias mortes. Um destes casos aconteceu em Michigan, nos Estados Unidos. Doze pessoas também ficaram doente por um surto de bactérias encontradas nestas saladas que deveria ser higienizadas, antes de serem empacotadas e vendidas nos supermercados.

Os sintomas de uma infecção por listeria pode variar de uma febre, calafrios, dores de cabeça, sintomas gripais até risco de vida, choque séptico, meningite e encefalite.

O que fazer?

Se você já tiver comprado saladas ‘pré lavadas’ como estas, jogue-as fora ou lave-as com esta receita –> Médico ensina como retirar os agrotóxicos em frutas e verduras para tirar todo e qualquer tipo de bactéria que possa lhe fazer mal.

lettuce-listeria-759x419

Se tiver comido o produto, é importante verificar com o seu médico, mesmo que você não tenha os sintomas óbvios. Você pode realmente desenvolver listeriose até 2 meses depois de ter comido o alimento contaminado. Dito isto, é muito mais provável que você começará a ver os sintomas dentro de alguns dias se você foi infectado.

Mulheres grávidas, recém nascidos, idosos com mais de 65 anos e pessoas com imunidade fraca são os que posuem mais risco de listeriose.

Fonte:  davidwolfe

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.