Por que você não deve envolver sua comida na folha de alumínio antes de cozinhá-la

Você tem panelas de alumínio em casa? Essas panelas são muito comuns, visto que conduzem bem o calor e acabam sendo mais baratas que diversos outros materiais.

O problema com essas panelas é que, quando as utilizamos para cozinhar, há grande probabilidade delas adicionarem pequenas quantidades desse metal na sua comida. Estima-se que o alimento cozinhado em uma panela de alumínio pode conter 1 a 2mg adicionais deste metal.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

Parece, e de fato, é pouco alumínio, mas o que preocupa muitos especialistas é que quase tudo que ingerimos nos dias de hoje pode ter algum quantidade, mesmo que mínima, de alumínio.

Outro item usado muito na cozinha, o papel alumínio, também merece atenção. Quando utilizado para embalar alimentos frios, não representa tanto risco, mas em contato com o calor, esse material pode transferir grandes quantidades de alumínio para a comida.

Esse metal é um dos mais abundantes na terra e pode ser encontrado no ar, na água e no solo. Ele está presente na água que bebemos, nos antitranspirantes que usamos, nas panelas em que cozinhamos, nas frutas, vegetais, carnes, peixes, grãos e até laticínios. Além disso, podemos também inalar e até absorver esse metal através da pele.

Por ser tão abundante e tão presente nas nossa vidas, temos grandes chances de acumular esse metal no organismo sem perceber.

Além de ser um metal que não traz qualquer benefício para o organismo, o alumínio vem sendo relacionado com doenças graves, como é o caso do Alzheimer.

Pesquisadores identificaram altas concentrações de alumínio no cérebro de pessoas portadoras desse mal, o que levantou muitas preocupações com relação ao uso deste metal em utensílios de cozinha. Além disso, o alumínio pode afetar nossa saúde de outras formas, como:

Levar à falta de memória;
Causar problemas de equilíbrio;
Causar problemas neurológicos;
Debilitar os ossos, porque impede eles de receber o cálcio;
Provocar fibrose pulmonar;
Provocar problemas respiratórios.

Como você pode ver, o grande problema relacionado ao alumínio é que há muitas formas de absorvermos esse metal, o que facilita o acúmulo acima dos níveis considerados seguros.

Se isso é uma preocupação para você, há algumas coisas que você pode fazer para reduzir a exposição ao alumínio. Primeiro, procure sempre cozinhar com panelas feitas de vidro, cerâmica ou barro.

Outra dica é reduzir ou cortar completamente o uso do papel alumínio, especialmente se você vai cozinhar com alimentos ácidos, como tomate e limão.

Fonte: Why You Shouldn’t Wrap Your Food In Aluminum Foil Before Cooking It

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.