Saiba por que essa é a planta mais mágica que já existiu!

O manjericão é uma erva aromática muito utilizada na culinária. Além de deixar um sabor delicioso e único, o manjericão possui propriedades medicinais maravilhosas para nossa saúde. Para você ter ideia, é possível prevenir várias doenças comendo regularmente algumas folhas de manjericão.

O manjericão é um ingrediente muito conhecido e muito apreciado na culinária tradicional, sendo altamente consumido aqui no Brasil.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

Entretanto, esse tempero também possui propriedades muito especiais que podem ajudar no tratamento de várias doenças.

Talvez uma das propriedades medicinais mais famosas do manjericão seja a sua habilidade de melhorar a digestão e evitar a perda de apetite, por combater os parasitas que podem se alojar no intestino.

Além disso, o manjericão é uma rica fonte de antioxidantes, substâncias que combatem os radicais livres produzidos pelo corpo, e por isso é uma ótima alternativa para ajudar a tratar os sintomas do envelhecimento e a prevenção de doenças mais graves como o câncer.

O principal antioxidante presente no manjericão é o betacaroteno. Esse composto se transforma na vitamina A ao ser absorvido pelo nosso organismo. Esse processo evita a oxidação do colesterol e ajuda na proteção dos vasos sanguíneos e do funcionamento do coração.

O manjericão também pode ser usado como um antibiótico natural. De acordo com pesquisas recentes, o manjericão estimula o sistema imunológico e tem propriedades antissépticas e antibacterianas, sendo um excelente remédio natural para tratar inflamações no corpo.

Devido a sua propriedade antibacteriana, pesquisadores resolveram testar o chá de manjericão e descobriram que ele é eficaz no combate às dores crônicas derivadas do reumatismo.

O manjericão também é fonte de magnésio e vitamina B6 que agem de forma complementar a vitamina A na proteção dos vasos sanguíneos. A vitamina B6 evita o acúmulo de homocisteína que é maléfica para o sistema cardiovascular. Já o magnésio ajuda a evitar ataques cardíacos.

Agora que você já sabe dessas propriedades, veja como usar o manjericão de forma efetiva para melhorar a sua saúde. Por ser um condimento, o manjericão não é preparado da forma correta em alguns casos, pois ele pode ser cozido com a comida.

Para receitas naturais, recomenda-se que o manjericão seja sempre adicionado ao final da preparação da receita para manter suas propriedades medicinais.

Fazer o chá de manjericão é fácil: Basta ferver 200 ml de água e adicionar algumas folhas de manjericão. Deixe coberto em fusão por oito minutos.
Coe a mistura e consuma normalmente.

Também é possível colocar folhas de manjericão no suco de limão e bater no liquidificador. Além de a bebida ser gostosa e refrescante, também manterá as propriedades do manjericão que serão complementadas pelos benefícios do limão. Além disso, você pode incrementar essa bebida com gengibre.

Veja uma receita interessante:

Ingredientes
1 punhado de manjericão fresco
1 limão cortado
1 pedaço de gengibre
1 litro de água filtrada a frio
Gelo

Caso as opções anteriores sejam muito “fora do normal” é possível manter o manjericão como condimento e preservar suas propriedades.

Veja como fazer um “vinagrete de manjericão e mostarda”:
Ingredientes
1/3 de uma xícara de vinagre de vinho branco
2 xícaras de suco de laranja
2 colheres de chá de azeite extravirgem
2 colheres de chá de mostarda
2 colheres de sopa de polvilho azedo
2 colheres de chá de manjericão seco ou 1 colher de sopa de manjericão fresco

Agora que você já sabe como usar o manjericão de forma correta e mantendo suas propriedades medicinais, aproveite para incorporar essa nova forma à sua rotina diária e melhore seu sistema imunológico!

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.