Se você tem muitas dores de cabeça, baixa energia e insônia, comece a consumir isto agora!

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

Você sente dores na cabeça, fadiga, insônia e indisposição? Saiba que esses sintomas não são só causados pelo estresse e excesso de trabalho.

Você sofre de dores de cabeça, cansaço, dificuldades em adormecer ou irritabilidade?

Estes sintomas não são apenas causados pelo estresse ou pelo trabalho excessivo.

Em vários casos, a falta de magnésio e vitamina K pode ser a causa.

O magnésio, por exemplo, está ligado a pelo menos 300 reações químicas em nossos corpos.

Além disso, ajuda a converter alimentos em energia e criar proteínas a partir de aminoácidos.

Não é uma coincidência que seja recomendado para aliviar o estresse, a ansiedade e combater a fadiga.

O magnésio pode prevenir dores de cabeça e até mesmo tratar enxaquecas.

Quando seu corpo está com falta de magnésio, ele diminui os níveis de serotonina, o que pode causar depressão e insônia. A dosagem recomendada é:
– 400 miligramas de magnésio para homens de 10 a 30 anos;
– 420 miligramas de magnésio para homens com mais de 30 anos; – 310 miligramas de magnésio para mulheres de 10 a 30 anos;
– 320 miligramas de magnésio para mulheres com mais de 30 anos.
Para obter o magnésio naturalmente, você pode comer mais: Nozes, Arroz integral, Carne de peixe e Abacate A vitamina K, por outro lado, sintetiza as proteínas que são essenciais para a coagulação do sangue.

Assim, a deficiência desta vitamina, pode causar sangramento excessivo.

A vitamina K também pode proteger nossas artérias e válvulas contra a calcificação e reduzir o risco de câncer de próstata e Alzheimer. E isso não é tudo!

A vitamina K também aumenta a eficácia da Vitamin D, fortalecendo seus ossos.

Finalmente, baixos níveis de vitamina K podem aumentar o risco de fratura nos ossos.

Para se beneficiar desta vitamina, tenha em mente que as doses mudam de acordo com a idade, peso e sexo.

No entanto, um adulto normalmente precisa de 0,001 miligramas de vitamina K por quilo.

Estas são as principais fontes de vitamina K:

Ervas como manjericão, sálvia, tomilho, salsa, coentro e cebolinha;
Folhas verdes como couve, mostarda, cebolinha, agrião e alface; Raizes como beterraba e nabo; Vegetais crucíferos, como couves de Bruxelas, brócolis, repolho e couve-flor; Especiarias como pimenta caiena, paprika e curry; Outras fontes: aspargos, erva-doce, quiabo, azeite e nozes. Cuidado: Antes de começar a tomar vitamina K e suplementos de magnésio, fale com um profissional. O uso excessivo pode fazer mal para sua saúde.

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.