Se você tiver essa planta em sua casa, nunca mais verá insetos e pragas

Mosquitos, moscas, pernilongos – não bastasse ficarem voando por dentro da casa, ainda podem transmitir doenças.

Quando esses insetos começam a se proliferar e gerar incômodo, nossa primeira reação é buscar uma alternativa para espantá-los, como os repelentes em spray.

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

Mas você sabia que algumas plantas também tem a capacidade de espantar esses insetos para bem longe? Elas não só são eficazes para repelir insetos voadores, como podem espantar até algumas pragas comuns em jardins, como os pulgões e lagartas.

E o melhor de tudo: são naturais e emanam um odor bem mais agradável do que os repelentes em spray!

Devido aos óleos essenciais presentes nessas plantas, elas acabam incomodando os insetos, apesar de serem agradáveis ao nosso olfato.

Em outras palavras, o simples fato de você ter uma plantada de alecrim ou alfazema por perto, já vai reduzir bastante o aparecimento desses indesejáveis insetos.

No vídeo de hoje iremos mostrar algumas das melhores plantas para espantar insetos e pragas que incomodam nossas casas e jardins:

Manjericão
O manjericão é um ótimo repelente para moscas e mosquitos, e por precisar de sol, o ideal é posicioná-lo próximo às portas e janelas. Além disso, você pode utilizá-lo como tempero, devido a sua deliciosa fragrância.

Tagetes
Você já deve ter visto essas flores de cor viva e alaranjada decorando alguns jardins, mas talvez nunca pensou que elas pudessem repelir insetos, não é mesmo? Assim como o manjericão, as tagetes emanam uma fragrância que espanta mosquitos.

Erva-dos-gatos
Essa planta tem a capacidade de agradar os gatos, e espantar mosquitos. Um estudo inclusive mostrou que essa planta é 10x mais potente que alguns repelentes de insetos vendidos no mercado.

Alecrim
Já falamos no canal sobre os benefícios do óleo de alecrim para a saúde, mas sua fragrância também é capaz de espantar mosquitos e outros insetos voadores. Assim como o manjericão, o alecrim também é um ótimo tempero, então vale a pena ter essa planta por perto.

Crisântemo
O crisântemo possui piretrina, uma espécie de inseticida natural. Essa substância repele os mosquitos e outros insetos como: baratas, besouros e moscas. Você pode inclusive utilizar a planta como repelente natural esfregando suas flores na pele, evitando assim picada indesejadas.

Gerânio
Entre as plantas mais comuns para manter os mosquitos longe e embelezar sua varanda está o gerânio. O gerânio tem a característica de emanar um perfume intenso de limão e citronela de suas folhas. Há também o gerânio-hera, que contém uma substância que atua como inseticida e repelente natural, e por isso, tem o poder de manter os mosquitos afastados.

Citronela
Essa talvez seja a alternativa natural para repelir insetos mais conhecida, pois é muito utilizada na fabricação de velas e óleos para essa finalidade. A planta por si só atua como repelente, mas você pode utilizá-la na pele, para obter uma prevenção maior contra os insetos. Experimente macerar as folhas de citronela esfregando-as direto no corpo.
Você pode também fazer um chá concentrado para usar na limpeza da casa ou ainda deixar em álcool por alguns dias e usar como spray. Sua eficácia é é maior se combinada com outras duas plantas repelentes naturais, como a erva do gato e o gerânio.

Fonte: If You Have This Plant In Your House, You Will Never See Insects and Pests Again

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.