Seu cérebro pode estar cheio de fluídos tóxicos – durma desse jeito para drenar isso!

Você sabia que o sistema linfático é a chave para um corpo saudável?

Este sistema funciona para remover as toxinas do corpo e transportar células brancas do sangue onde eles são necessários para combater a infecção. Se o sistema linfático é lento, então o corpo não está recebendo a ajuda de que necessita para ficar apto.

Algumas coisas que podemos fazer para exercitar o sistema linfático é realizar uma massagem de drenagem linfática ou tente escovar seco o seu corpo. Estes são bons métodos para mover as toxinas pela linfa do corpo.

Mas quando falamos das toxinas do cérebro, no entanto, é um pouco mais difícil.

Até há pouco tempo, a ciência moderna não tinha conhecimento do sistema linfático do cérebro, que remove resíduos do cérebro e do sistema nervoso central.

O sistema glymphatic trabalha para remover toxinas e proteínas do cérebro, equilibrando a distribuição de glicose, lipídios e aminoácidos que o cérebro necessita para funcionar corretamente. Uma função pobre deste sistema poderia levar a problemas cognitivos, como a doença de Alzheimer, de Parkinson, doença de Huntington, ALS, e encefalopatia traumática crônica (doença degenerativa do cérebro devido a traumatismo craniano repetido).

Assim, certificando-se o sistema glymphatic está funcionando corretamente é importante tanto para a saúde física e mental. Ele também é capaz de controlar seus humores.

O sistema glymphatic só esta ativo à noite quando estamos dormindo, assim, a posição que nós dormimos determina quão bem o sistema glymphatic pode fazer o seu trabalho.

Em um estudo realizado pela Universidade de Stony Brook e publicado no The Journal of Neuroscience, os pesquisadores estudaram o sistema glymphatic em ratos enquanto eles estavam dormindo. Eles descobriram que a posição de dormir desempenhou um grande papel em quanto o líquido foi movido dentro e fora do cérebro.

lymph-fluid-sleep-759x420

Os ratos que dormiram com as cabeças levantadas tiveram a menor quantidade de movimento do fluido, enquanto que aqueles que dormiam em seus lados, sem a cabeça apoiada tiveram um excelente movimento de fluido.

Pode-se deduzir a partir desses estudos que a melhor maneira de dormir, seja sem um travesseiro. Esta é a melhor maneira do sistema glymphatic se mover e manter o cérebro saudável.

No entanto, dormir desta maneira significaria se livrar do travesseiro, e isso pode ser difícil para alguns, mas os benefícios valem a pena.

Segundo pesquisadores os travesseiros não são bons para as nossas cabeças e pescoços. Eles causam dor no pescoço, tornam mais difícil o fluído do sangue para o cérebro enquanto dormimos. É melhor apenas dormir sob um de seus braços.

Fonte: davidwolfe

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.