Suas pálpebras tremem sem você querer? Saiba os motivos e como tratar

Suas pálpebras já ficaram tremendo sozinhas?

Isso é mais comum do que você imagina! Isso ocorre por alterações do sistema nervoso, que reage pela falta de complexo B. Porém a causa pode ser por outros motivos, também:

– Fadiga ocular

– Estresse

– Ansiedade

Sentir tremor nos olhos é muito desconfortável e irritante, e o uso de bebidas estimulantes também pode causar alteração no sistema nervoso.

Ou seja, evitar o consumo excessivo de café, álcool e outras drogas é importante.

Se isso acontecer com você, coloque uma pedra de gelo na pálpebra afetada, pois o frio vai estimular uma comunicação com o sistema nervoso.

Logo após isso, pisque durante um minuto seguido, essa é uma forma de alongar os músculos e eliminar a fadiga ocular.

Se tiver olhos secos, procure hidratá-los, usando um colírio e em seguida, feche os olhos com força e mantenha assim por 5 minutos.

Consuma complexo B, pois, como já havíamos dito, ele ajuda a prevenir a fadiga ocular e melhora as ações do sistema nervoso.

tremor nas palpebras tremendo

Mais uma dica: feche os olhos e com a ajuda do dedo indicador, massageie-os. Os movimentos devem ser suaves, pois podem provocar acidentes vasculares cerebrais, de dentro para fora.

E lembre-se: não exagere no uso de televisão e computadores, pois cansa a vista.

Fonte:  healtreatcure

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.