Tosse, afta, colesterol, hipertensão, gastrite… – o ‘segredo’ para vários tratamentos está aqui

As receitas que você vai aprender agora são tradicionais na medicina popular.  E algumas já foram bastante usadas por nossos avós.

Aprenda, faça e divulgue:

1. Afta – Mastigar folhas do olho da mangueira por alguns segundos e descartar.

2. Artrose – Fazer chá das folhas do sabugueiro.

3. Azia, gastrite e úlcera 

Provenientes do estômago: tratar com batata-inglesa, que cura azia, gastrite e úlcera.

Descascar a batatinha, ralar e depois espremer até sair o caldo.

Tomar uma colher, em jejum, após escovar os dentes.

Para azia: tomar durante uma semana.

Para gastrite: tomar durante duas semanas.

Para úlcera: tomar durante um mês.

4. Colesterol elevado/emagrecimento

Cortar uma berinjela grande em fatias finas (com casca) e colocar de molho em um litro de água – colocar na geladeira de um dia para o outro. No dia seguinte, remover as rodelas de berinjela e acrescentar o suco de dois limões. Beber este litro ao longo do dia.

Cuidado: esta receita usada por muito tempo pode causar distúrbios metabólicos.

Portanto, não ultrapasse sessenta dias de uso contínuo.

Alguns recomendam até menos tempo, 30 ou 40 dias.

5. Diabetes – Fazer um chá de oitenta gramas da raiz da urtiga em um litro de água. Tomar durante o dia.

6. Dor no ombro – Ralar o caroço de um abacate, colocar no álcool por uns dez dias e massagear o local.

tratamentos_para_varias_doencas_-_segredos_da_vovo_-_edit

7. Enxaqueca/ dor de cabeça

Enxaqueca matinal: ferver casca de laranja (+- 5 cm) por cinco minutos e tomar o chá.

Enxaqueca à tarde: geralmente é causada por problemas digestivos – tomar chá de boldo.

Enxaqueca de ressaca e sonolência: pela manhã bater levemente uma fatia de melancia com semente, coar e tomar o suco.

Dor de cabeça: colocar os pés por um minuto imersos em água supergelada.

Dor de cabeça de tensão pré-menstrual: bater no liquidificador a polpa do melão juntamente com as sementes, coar e tomar dois copos por dia.

8. Estresse

Comer uma maçã por dia, sempre no café da manhã ou no lanche da tarde, nunca após as refeições (também combate asma e rouquidão).

Fazer chá da casca da maçã e tomar antes de dormir.

Caminhar de cinco a quinze minutos diariamente descalço na terra ou na grama.

Nas dermatites seborreicas/caspas causadas pelo estresse, esfregar por dois minutos o couro cabeludo com sementes de tomate e lavar em seguida com água fria (ou o mais fria possível).

9. Fibromialgia e relaxamento muscular – Mastigar a casca seca da laranja.

10. Furúnculos e hemorragias

Colocar rodela de cebola crua sob o local do furúnculo e enfaixar ou colocar esparadrapo – deixar de um dia para o outro.

O furúnculo sairá completamente e vai ficar um buraco no local, que fechará em pouco tempo.

11. Cortes – Esfregar um pedaço de cebola crua no local várias vezes.

12. Hemorragias nasais – Cheirar profundamente um pedaço de cebola crua.

13. Infecção na garganta

Fazer gargarejo com suco de abacaxi temperado com uma pitada de sal.

Comer, sempre que possível, rodelas de abacaxi à noite (como sobremesa do jantar).

14. Gripes/pneumonia

Assar bananas em forno convencional, pulverizar com canela em pó e comer à vontade pela manhã.

A casca da banana também é utilizada para remover verrugas, para cicatrizar queimaduras de até terceiro grau e para rachaduras nos pés – raspar a parte interna da casca, colocar sobre o local e cobrir com curativo ou faixa.

15. Hipertensão

Pegar três dentes de alho à noite, esmagar, colocar em uma xícara com água e com o suco de um limão, cobrir e tomar pela manhã.

Completar os mesmos dentes esmagados com água e limão novamente, tomar à noite e repetir a receita com outros três dentes de alho para o dia seguinte.

Ou seja, cada três dentes são usados para tomar o remédio duas vezes.

Outras opções: Chá de alho; chá de alpiste; suco de pepino (bater no liquidificador com água, coar e tomar).

16. Má circulação

Imergir os pés em água quente por quatro minutos e em seguida colocar em água fria por um minuto e voltar para a água quente e fria, sucessivamente.

17. Marcas de espinhas/rugas no rosto

Fazer uma mistura de argila, suco de cenoura, mel e confrei (vende-se em lojas de produtos naturais) e aplicar uma camada desta pasta de aproximadamente um centímetro no rosto por uns quarenta minutos.

18. Memória – Chá de alecrim.

19. Metabolismo lento – Tomar chá de gengibre com canela (proibido para hipertensos).

20. Osteoporose – Suco de pepino (mesma receita da pressão alta).

21. Rins – Chá de folha de abacate ajuda a limpar o organismo e eliminar retenção de líquidos, melhorando o funcionamento dos rins.

22. Sarampo – Fazer chá das flores do sabugueiro.

23. Tosse

Bater uma cenoura no liquidificador, coar na peneira, acrescentar mel e ferver até virar um xarope.

Cura até coqueluche.

Para crianças, uma colher de sopa três vezes ao dia; para adultos, uma colher de sopa seis vezes ao dia.

Para gripe e tosse: usar rabanete em vez da cenoura para fazer o xarope.

Tosse persistente de coqueluche: assar no forno mamão-papaia com mel e comer morno de manhã em jejum e à noite.

DICAS GERAIS

Tome no mínimo 2 litros de água por dia. Tome banho o mais frio possível, e não todos os dias.

Sempre faça as receitas com ingredientes orgânicos, como frutas, folhas, verduras e legumes frescos.

Fonte: curapelanatureza

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.