Um simples exercício para eliminar a flacidez da barriga e colocar a coluna no lugar

Este simples e eficiente método de correção postural foi desenvolvido pelo médico japonês Fukutsudzi. Ele elimina a flacidez da barriga e coloca a coluna no lugar.

Quando realizado com regularidade, também consegue diminuir o diâmetro da cintura. É um simples exercício para ter um corpo saudável.

O que fazer:

2155-600-1459425338-blob

Faça um rolo com uma toalha ou tecido. É importante que ele não meça menos de 40 centímetros de comprimento e 10 de largura. Para que o rolo não se desfaça, você pode amarrá-lo com um elástico ou com uma corda.

Sente-se em uma superfície dura e horizontal, por exemplo sobre um colchonete de academia, uma maca de massagem ou no chão mesmo. Coloque o rolo sobre a superfície.

Deite-se sobre o rolo. Ele deve ficar perpendicular ao corpo e na altura do quadril. Abaixo do umbigo, para ser mais específico. Isso é importante.

Separe um pouco as pernas e una os pés. Os dedões dos pés devem se tocar e os calcanhares devem ficar a uma distância de mais ou menos 25 centímetros um em relação ao outro (como na foto).

Suba as mãos sobre a cabeça e coloque as palmas no chão, juntando os dedos mindinhos. É importante que os dedos dos pés fiquem juntos, assim como os dedinhos das mãos.

Fique nessa posição por, no mínimo, 5 minutos (isso é o ideal).

Quando quiser parar, faça isso com calma, sem movimentos bruscos.

Nós,  já tentamos e reconhecemos que 5 minutos é difícil. Especialistas recomendam começar com apenas um minuto e aumentar a cada dia.

Em um mês você vai começar a notar os resultados. Vamos lá!

Fonte:  goodmorningcenter.

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.