Uma colher de chá de cominho para perder a gordura e dizer adeus a gordurinha da barriga. Veja!

Essa especiaria possui um sabor picante e é tradicionalmente usada em pratos indianos, mexicanos e norte-africanos.

Um estudo feito, mostrou o poderoso efeito dessa especiaria sobre as mulheres com excesso de peso. 88 mulheres com excesso de peso foram divididas em 2 grupos. Durante 3 meses, elas receberam aconselhamento nutricional e passaram a ingerir somente 500 kcal dia.

Um dos grupos comia 3 gramas de cominho diariamente no iogurte.

Passados 3 meses, as mulheres comendo cominho conseguiram perder 50% mais peso, do que as que apenas consumiram o iogurte puro.

O mais interessante é que diminuíram o percentual de gordura em 14,4%. Além de outras melhorias, como diminuição de triglicerídeos e colesterol ruim.

cominho-ajuda-a-emagrecer-e-eliminar-barriga

Podemos dizer com segurança que o cominho pode ajudar contra aterosclerose, doenças cardíacas, diabetes e problemas relacionados com triglicerídeos.

Especialistas afirmam que as saponinas glicosídeos, são responsáveis por isso. Pois possuem a capacidade de prevenir a absorção de colesterol e aumentar a sua excreção.

As pessoas tem usado esse tempero, para tratar muitos problemas de saúde como insônia, distúrbios respiratórios, anemia e problemas de pele.

Os compostos encontrados no cominho preto possuem numerosas propriedades anticoagulantes, anticarcinogênicas, hepatoprotetoras, hipoglicemicas, imunomoduladoras, neuro-protetoras, anti-inflamatórias e antioxidantes.

Fonte: homehealthyrecipes

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.