Vácuo no ventre – obtenha uma cintura mais fina e uma barriga lisa com este exercício simples

Esta técnica simples irá fortalecer os músculos abdominais e afinar a sua cintura dentro de 3-4 semanas.

É também uma técnica ioga comumente usada.

Faça isso mais vezes para ter resultados melhores e super-rápidos. Tente repetir por pelo menos 5 vezes.

Para algumas pessoas, é preciso mais tempo para manter seus músculos abdominais tensos.

como afinar a cintura

Uma vez que os músculos se ajustem ao exercício, você vai precisar de muito menos esforço para fazê-lo.

Siga estas instruções e desfrute apertando o estômago:

1. Posição inicial – Deite de costas e mantenha os braços ao lado do seu corpo. Dobre os joelhos e relaxe os músculos. Expire lentamente e solte o ar de seus pulmões. Seus músculos devem permanecer relaxados.

2. Tente encolher o seu estômago. Não respire ao fazê-lo. Mantenha o seu estômago nessa posição por 10-15 segundos. Segure uma pequena respiração e a mantenha firme.

3. Respire lentamente e não se apresse para relaxar os músculos do estômago. Encolha seu estômago novamente e prenda a respiração por mais 10-15 segundos, mantendo seus músculos tensos. Tome uma respiração curta, se você não puder segurar em tal posição por muito tempo.

4. Expire, e relaxar os músculos do estômago. Solte o ar de seus pulmões e sugue sua barriga na medida em que você puder.

Você deve sentir alguma tensão nos músculos do estômago. Relaxe o estômago, mas você não deve inalar ao fazê-lo. Respire.

Em apenas 3 semanas, você vai fortalecer os músculos abdominais internos e diminuir o seu exercício abdominal. Isso também lhe dará uma melhor aparência física.

Fonte:  physicalculturist

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.