Veja como prevenir o câncer de próstata com uma dieta saudável!

Se você esta sem tempo para ler o artigo, veja o vídeo abaixo:

De acordo com Instituto Nacional do Câncer, o câncer de próstata é segundo maior motivo de mortes masculinas no Brasil. Devido ao pouco debate sobre a saúde masculina, muitos homens só procuram ajuda quando começam a sentir os primeiros sintomas da doença.

Sabe-se que a prevenção oficial é o exame de toque feito anualmente com um urologista, a partir dos 45 anos de idade. Entretanto, a melhor saída para tratar qualquer câncer é, sem dúvidas, a prevenção.

Nesse vídeo vamos apresentar opções de alimentos que ajudam a prevenir o câncer de próstata e ajudam a melhorar o desempenho do aparelho reprodutor masculino de modo geral, de acordo com as informações de estudos nutricionais.

A ideia é oferecer algumas opções de dieta seletiva para homens que queiram saber como prevenir o câncer de próstata de uma forma natural, com ingredientes disponíveis no dia a dia.

Veja os ingredientes que ajudam na prevenção do câncer de próstata:

Alho e cebola
Consumir meia cebola ou dois dentes de alho por dia diminuem as chances de desenvolver câncer de próstata em até 30%, de acordo com pesquisas realizadas nos Estados Unidos. Tanto o alho como a cebola possuem antioxidantes que impedem a ação dos radicais livres que aceleram o processo de desenvolvimento cancerígeno.

Tomate
Por ser uma fonte de licopeno, o tomate tem alto poder antioxidante e pode diminuir em até 33% a probabilidade de aparecimento de tumores na próstata.

Em pesquisa realizada nos EUA, homens com mais de 50 anos que consumiram molho de tomate ou catchup mais de 10 vezes por semana, conseguiram diminuir em até 50% as chances de desenvolveram a doença. Recomenda-se consumir o tomate cozido, pois o licopeno não pode ser absorvido através do tomate in natura.

Soja
A soja é um alimento com muitas aplicações, benefícios e também contraindicada em alguns outros casos. Especificamente, para os homens interessados em saber como prevenir o câncer de próstata, consumir soja, ajuda a aumentar a capacidade de autodestruição das células problemáticas que podem desenvolver câncer.

Alimentos oleaginosos
Alimentos como amendoim, nozes, avelã e amêndoas, são ricos em selênio: um mineral com ação antioxidante e que ajuda a eliminar células que não funcionam bem.
Comer duas castanhas-do-pará ao dia, por exemplo, já ajuda a manter os níveis de selênio necessários.

Vegetais verde-escuros
Vegetais com folhas verde-escuras são ricos em ácido fólico que combate o efeito dos radicais livres nas células e por isso diminuem os casos de câncer de próstata. Recomenda-se consumir ao menos 1 vegetal de folha verde-escura por dia.

Chá-verde
O chá verde é talvez o alimento mais ligado à prevenção contra o câncer de modo geral. Em estudo realizado com 50 mil pessoas, constatou que a catequina, substância abundante no chá verde, inibe o crescimento de células cancerígenas no corpo.

Entretanto, é bom ressaltar que a catequina também diminui a quantidade de testosterona, por isso é importante conversar com um médico para saber como fazer a reposição hormonal caso a pessoa opte pelo consumo do chá verde. Recomenda-se beber cinco xícaras de chá verde todos os dias para ajudar a diminuir em 50% o risco de aparecimento do câncer de próstata.

Fonte: minhavida

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.