Você rói unhas e não consegue parar? Veja o que isso significa!

Quando as pessoas pensam no hábito de roer unhas, imediatamente relacionam esse costume com o sentimento de ansiedade.

Entretanto, de acordo com novas pesquisas científicas, a ansiedade pode não ser o grande “vilão” por trás do hábito de roer unhas.

Cientistas descobriram que pessoas que roem unhas tendem a ser mais exigentes quanto aos resultados de suas conquistas, ou seja, são perfeccionistas.

Isso mesmo: perfeccionistas.

Nesse sentido, essas pessoas não conseguem relaxar e realizar suas tarefas de rotina no mesmo ritmo dos demais.
Portanto, essas pessoas entram num ciclo de frustração, impaciência e insatisfação quando não atingem seus objetivos.

Resumindo: não é a ansiedade que faz as pessoas roerem unhas. É a frustração.

porque roer as unhas

De acordo com os estudos realizados, as pessoas que roem unhas são “perfeccionistas organizacionais”.

Não entendeu?

Perfeccionais organizacionais são pessoas que tem a tendência de exagerar no planejamento do que irão fazer e exagerar na execução das atividades planejadas.

Como os perfeccionistas organizacionais exageram nessas ações, eles acabam se frustrando com a demora em concluir as tarefas.

Para eles, essa demora é problemática, pois dá uma falsa sensação de que nada está acontecendo.

Por conta disso, roer as unhas ajuda a aliviar a tensão para os perfeccionistas, pois permite que eles liberem essa energia represada.

Infelizmente, esse alívio é temporário e dá lugar ao sentimento de dor e vergonha.

Além disso, o ato de roer unhas pode parecer inofensivo, mas tem o potencial de causar danos de longo prazo.

Pesquisas mostram que roer unhas pode causar infecções e levar ao enfraquecimento dos dentes.

Devido a esses efeitos danosos, muitas pesquisas são realizadas para ajudar as pessoas a mudar o hábito de roer as unhas.

Além de tratamentos cosméticos e químicos, os tratamentos psicológicos também ajudam nessa jornada.

Nesse sentido, descobrir essa faceta da personalidade das pessoas que roem unhas, ajuda muito na melhor compreensão da causa desse hábito.

Essa descoberta sugere que as pessoas que sobre com hábitos repetitivos, como o hábito de roer unhas, podem se beneficiar de tratamentos focados na redução da frustração e do tédio.

Além disso, os psicoterapeutas podem ajudar essas pessoas a modificar suas noções perfeccionistas, de modo a melhorar suas reações à rotina.

Uma “reprogramação” desse nível pode ser extremamente benéfica para os perfeccionistas organizacionais.
Quando os perfeccionistas conseguem lidar com suas frustrações, eles se tornam, comprovadamente, profissionais incrivelmente motivados e muito talentosos.

Por isso, quando você roer suas unhas, saiba que isso é sinal de que você tem um grande potencial, basta aprender a utilizá-lo.

Fonte: davidwolfe

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.