Você sabia que as linhas e rugas do seu rosto revelam suas doenças e problemas? Veja

As rugas, linhas de expressão e manchas no rosto são normais, principalmente com o passar do tempo. Porém nem sempre elas indicam velhice.

Se você não sabe, as simples rugas podem dizer muito sobre nosso corpo. E para isso, exite uma espécie de mapa facial que explica como está a nossa saúde através das marcas de expressão e manchas.

Veja o mapa, olhe para um espelho e saiba o que suas rugas estão querendo dizer:

1. Linhas horizontais da testa

Chamamos de “linhas de preocupação” e isso não é à toa. O estresse e a tensão provocam esse tipo de marca, mas nada que umas boas férias e técnicas de relaxamento não resolvam ou amenizem.

Além disso, estas linhas estão conectadas com o nosso estômago, o que é algo fabuloso – isso significa que se estivermos consumindo muito açúcar e gordura, além de beber pouca água, elas aparecerão.

Basta beber mais água e ter uma dieta mais saudável.

2. Linha vertical na sobrancelha direita

Este é um sinal perigoso, significa que provavelmente você está com problema no fígado.

Para resolver a situação, você só precisa comer mais legumes verdes, frutas doces e cereais integrais, pois eles promovem saúde ao fígado.

Evite o consumo de café, alimentos picantes e excesso de sal, pois prejudicam ainda mais a situação.

3. Linhas vertical sobrancelha esquerda

Seu baço não está saudável, indicando fraqueza ou algum outro problema.

Alguns alimentos ajudam a estimular o funcionamento do baço, como frutas doces ou secas – o mesmo acontece com o pâncreas.

rugas_-_mapa

4. Linha no início do nariz

Algumas pessoas têm uma linha de ruga bem no início do nariz, na altura das pálpebras. Isso quer dizer que elas são propensas a alergias.

Por incrível que pareça, esta marca também pode estar ligada à libido. Ou seja, se a linha surgir, é sinal de que você precisa ter mais relação sexual.

5. Pés-de-galinha

Eles são bem comuns. Trata-se das pequenas linhas que ficam ao lados dos olhos.

Os pés-de-galinha podem representar duas coisas: sinal de muito riso, o que é ótimo; dificuldade para enxergar, já que acabamos apertando os olhos para ver melhor.

Além desses, os pequenos traços estão diretamente ligados ao estômago, rim e fígado. Confira se seus órgãos estão saudáveis e garanta exercícios regulares e boa alimentação.

6. Circulo (meia lua) abaixo dos olhos

Você tem uma espécie de bolsa bem abaixo dos olhos? Essas olheiras podem ser sinal de uma noite mal dormida, mas também têm muito a ver com os rins.

Rins fracos são combatidos com frutas, verduras e muito líquido natural e com capacidade de hidratar o corpo. Não pense que para por aqui.

Este problema também tem a ver com a má circulação, então faça ioga e massagens terapêuticas.

7. Maçã do rosto

Se aparecerem manchas ou descoloração nas bochechas, pode ser sinal de problemas digestivos. Melhore sua alimentação, se for o caso.

Se a mancha for vermelha, então pode ser sinal de problemas pulmonares. O pulmão é um órgão vital, então todo cuidado é pouco.

Pratique exercícios de respiração e fique longe de fumos e outras substâncias tóxicas.

8. Ponta do nariz

Ter a ponta do nariz avermelhada é comum, mas pode ser um problema diretamente ligado ao coração e sistema circulatório.

Procure um médico para monitorar o problema, mas também evite alimentos industrializados, álcool e café. Alimentos como abacate, que são ricos em ácidos graxos essenciais, são ótimos.

9. Linha vertical (entre a boca e o queixo)

Este pode ser sinal de muito riso, mas também pode indicar pâncreas fraco. Para resolver, invista em alimentos, como: amora, cereja, uva, alho e espinafre.

10. Linha vertical (entre o nariz e a boca)

Pode ser problemas no cólon. Consuma fibras, vitamina D, faça exercícios e beba bastante água – essas coisas ajudarão o cólon a liberar toxinas.

11. Linha no lábio superior

Geralmente ocorre com fumantes, mas também está ligada ao baço. Para fortalecer o órgão, além dos alimentos já citados, consuma vegetais de raiz, como abóbora, nabos e cenouras.

Pequenas refeições (em vez de grandes) regularmente também ajudam.

12. Linha em lábio inferior

Má circulação e problemas no cólon são as duas possíveis causas da marca. A primeira pode ser resolvida com atividade física e ioga.

Enquanto a segunda, com alimentos ricos em fibras, como já foi dito anteriormente.

13. Linhas no pescoço

Estas linhas dão impressão de que temos mais de um queixo e são horríveis. Geralmente são excesso de peso e também estão ligadas às glândulas tireoide.

Se este for o seu caso, consuma mais zinco e corte o glúten da sua dieta, ou seja, nada de pizza, pão e outras massas.

14. Anel em torno da íris

Além da pele, é bom monitorar os olhos. Se houver um anel em torno da íris é sinal de que você está com colesterol alto.

Isso quer dizer que você corre risco de ter ataque cardíaco ou outras doenças no coração. Coma mais vegetais, soja e nozes, deixando de consumir gorduras trans.

15. Linhas acima da sobrancelha

Se você tem veias proeminentes na região temporal, este pode ser um sinal de que você tem pressão arterial elevada.

Reduzir o estresse já é um grande passo para diminuir a pressão. Caminhe e pratique ioga. Quando o assunto for dieta, aposte em frutas e verduras, eliminando o excesso de sal.

16. Linha acima do queixo

Fica logo abaixo do lábio inferior. Pode ser o sinal de rancor, junção de sentimentos negativos. Não há uma fórmula para resolver o problema, tudo só vai depender de você.

Perdoe, tenha fé e entregue a Deus toda a ansiedade e traumas. Isso faz bem à saúde.

Fonte:  littlethings

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.