Você tem cabelos muito finos e gostaria de engrossá-los? Saiba como engrossar cabelos finos com essa receita natural!

A partir de certa idade vamos percebendo que nossos cabelos perdem certas características importantes com o tempo.

Talvez por uso excessivo de produtos químicos, como as famosas tinturas, ou pela poluição do ar, ou mesmo devido a má alimentação, os cabelos podem vir a perder sua força, sua hidratação e até alterar sua textura ficando mais finos e com um aspecto sem vida.

Além dos cabelos o couro cabeludo também pode passar por alterações como o aumento da sensibilidade e o aumento da sensibilidade.

Em alguns casos, ocorre o aumento da oleosidade, a queda dos fios mais fracos entre outros problemas que, muitas vezes, não se resolvem nem com o uso de cosméticos, que podem ser muitas vezes caros.

O cabelo fino é o resultado do enfraquecimento dos fios. Independente das causas é possível tratar esse fenômeno e retomar a força dos fios para que você possa ter um cabelo mais forte e com fios mais resistentes.

Existe, entretanto, um ingrediente natural e que pode ser facilmente preparado em casa para tratar o enfraquecimento dos fios de cabelo, dando um aspecto de fios de cabelos mais grossos e com mais vitalidade: o óleo de coco.

O coco é uma fruta muito rica em ácidos graxos e antioxidantes que trabalham na reconstrução das células capilares.

como engrossar cabelo fino

O óleo de coco é uma receita natural, feita a partir da fruta, ou de sua polpa e que não possui alguns elementos muito usados na indústria cosmética e que podem anular a eficiência de alguns produtos, como o silicone e o álcool que dificultam a penetração de substâncias nos cabelos.

Recentemente, esse tipo de óleo tem sido um ótimo substituto inclusive para condicionadores, por exemplo, devido à facilidade com que penetra nos fios de cabelo e a sua hidratação potente, que não deixa resíduo e, portanto, não causa efeito colateral, como a oleosidade.

Além de seu poder hidratante o óleo de coco age diretamente nas raízes do cabelo promovendo sua nutrição e seu fortalecimento, o que trata e combate a queda de cabelos.

Por conter propriedades antibacterianas, o óleo de coco também os micro-organismos causadores da caspa, bem como quaisquer fungos que possam fazer mal ao couro capilar, uma vez que também possui propriedades antifúngicas.

Por fim, esse óleo também previne o aparecimento de piolhos e lêndeas no couro cabeludo, além de retardar o aparecimento de cabelos brancos.

Muito bom, não é? Aprenda agora como fazer o óleo de coco em casa para ter a certeza de que você conseguirá apreender todas as propriedades do óleo.

Ingredientes
1 coco
1 ralador
1 frasco

Como fazer: extraia a água do coco e reserve. Rale a carne do coco até conseguir uma pasta bem fina e homogênea. Coloque essa pasta num coador de pano, semelhante ao usado para fazer café, e aperte até extrair todo o leite.

Adicione a água do coco à pasta que sobrou no coador e continue extraindo o leite resultante dali. Leve o leite ao fogo baixo mexendo constantemente com uma colher de pau. Você vai reparar que o óleo irá se separar do leite do coco.

asse a mistura num coador, para extrair somente o óleo. Coloque o óleo num frasco de vidro.

Como aplicar: esquente o óleo para que ele fique numa temperatura alta, mas suportável para você. Aplique da metade para baixo, dando atenção especial às pontas. Coloque uma quantidade menor na mão e espalhe pelo couro cabeludo. Cubra e deixe agir por, no mínimo, 40 minutos. Lave o cabelo com água fria. Aplique o óleo três vezes por semana para engrossar os fios de cabelo.

Fonte: melhorcomsaude

Se inscreva no canal do Natureba no YouTube e fique por dentro das novidades!

*A prática de exercícios e uma dieta saudável são fundamentais para se ter saúde e ficar em forma. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde - médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.